PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

PG terá R$ 700 mil para investir no Bosque Rio Verde

Ponta Grossa

22 de novembro de 2021 18:36

Rodolpho Bowens


Relacionadas

PG libera consulta à nova etapa da vacinação pediátrica

Briga no centro de PG assusta moradores e atrapalha trânsito

Adolescente de 15 anos é apreendido com pistola em PG

'Gripário' no Oscar Pereira tem grande procura
Agência do Trabalhador limita atendimento pela covid-19
Morador de PG morre atropelado na BR-373
Cesta básica em PG fica 46,40% mais cara em dois anos
Lideranças de Ponta Grossa e do Governo Estadual estiveram reunidas nesta segunda-feira (22). Foto: Divulgação.
PUBLICIDADE

Ponta Grossa terá uma nova área de lazer e contemplação às margens do Rio Verde, no local do antigo matadouro municipal

Um novo projeto de recuperação de área degradada resultará em uma nova área de lazer e contemplação em Ponta Grossa. O Bosque Rio Verde será executado às margens do Rio Verde, onde hoje estão as estruturas do antigo Matadouro Municipal. A prefeita, Elizabeth Schmidt (PSD) e o secretário de Meio Ambiente, André Pitela, estiveram em reunião nesta segunda-feira (22), na Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest), para discutir o projeto com a presença do secretário de Estado responsável, Márcio Nunes, o deputado Hussein Bakri (PSD) e o vereador Filipe Chociai (PV) – ele disse, durante a ‘Sessão’ da Câmara Municipal, que a cidade terá R$ 700 mil para investir no local.

“Estamos fazendo um trabalho forte com a recuperação de áreas ambientais e a oferta de espaços de lazer para nossa população. Com o Bosque Rio Verde, os moradores da cidade terão mais uma opção de espaço ao ar livre, além de garantirmos a recuperação ambiental da área e aproveitarmos o espaço. E teremos o apoio do Governo do Estado nesta iniciativa”, detalha a prefeita, Elizabeth Schmidt.

O Bosque Rio Verde compreenderá a área onde hoje estão as estruturas do antigo Matadouro Municipal. O projeto prevê um parquinho infantil, academia da terceira idade, quadra poliesportiva, banheiros públicos, pista de caminhada e corrida, estacionamento e área para ciclistas, com compressor de ar e torneiras. Além dessa estrutura, o projeto contempla ainda a recuperação das margens do Rio Verde.

“Na reunião de hoje, pudemos discutir o projeto com o secretário Márcio Nunes, para que o Bosque Rio Verde esteja adequado às diretrizes da Sedest. Para este ano, queremos iniciar com a retirada dos entulhos e estrutura antiga do local. Devemos finalizar o projeto nas próximas semanas, para podermos publicar o edital de licitação e dar início a execução dos serviços o quanto antes”, explica o secretário de Meio Ambiente, André Pitela.

Deputado e vereador destacam projeto

Segundo Hussein Bakri, “desenvolver o Paraná de forma sustentável é sinônimo de levar mais qualidade de vida à população. Especificamente em relação a essas duas obras em Ponta Grossa, serão intervenções muito importantes pois estamos falando de áreas que ganharão uma cara totalmente nova. A prefeita Elizabeth contará sempre com o nosso apoio para trabalhar em prol do município”, destaca o deputado líder do Governo Estadual na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep).

De acordo com o parlamentar, Filipe, a iniciativa faz parte de uma de suas ideias de campanha. “Levamos (a proposta) até o deputado Hussein, que prontamente nos atendeu, e em breve teremos a substituição de um prédio do Poder Público abandonado há muitos anos, que dará lugar a um parque urbano, o Bosque Rio Verde, que dará um lazer de segurança para a população de Ponta Grossa”, explica o vereador, que agradeceu as outras autoridades.

Ainda na reunião, os representantes do Executivo municipal aproveitaram para tratar do projeto de drenagem e reurbanização do arroio da Ronda, que enfrenta alagamentos de acordo com o volume das chuvas.

Com informações: Assessoria de Imprensa.

PUBLICIDADE

Recomendados