Jorge Sebastião Filho projeta gestão compartilhada na OAB

Estruturação de toda a equipe, inovação e apoio aos novos advogados são projetos que farão parte da gestão do candidato.

Jorge Sebastião Filho, candidato à presidência da OAB de Ponta Grossa.
Jorge Sebastião Filho, candidato à presidência da OAB de Ponta Grossa. -

Rodolpho Bowens

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Estruturação de toda a equipe, inovação e apoio aos novos advogados são projetos que farão parte da gestão do candidato

As eleições da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Subseção de Ponta Grossa acontecem nesta quinta-feira (25), das 8h às 11h. E como forma de ampliar o espaço democrático do processo eleitoral, o Grupo aRede iniciou nesta segunda-feira (22), as entrevistas com os candidatos à presidência da OAB-PG. Durante o bate-papo com o advogado Jorge Sebastião Filho, as propostas da chapa ‘XI de Agosto’ foram destacadas, bem como quais são os projetos para o triênio 2022-2024, caso a chapa seja a vencedora das eleições.

Pela primeira vez na história, a OAB-PG conta com três candidatos. Ao ser questionado de o porquê Jorge seria a melhor opção, ele ressaltou que é “uma responsabilidade muito grande” comandar a Subseção de Ponta Grossa. “Venho de uma gestão estadual da OAB. Estou encerrando a minha gestão como conselheiro estadual e me preparei para isso. Durante três anos, tenho estudado o que é uma gestão de uma Subseção e da Ordem como um todo. Me preparei muito do ponto de vista operacional e técnico. Me sinto preparado para assumir o posto”, comentou.

Há 15 anos atuando na advocacia (Criminal e Administrativa-disciplinar) e 20 na docência do Ensino Superior, Jorge também ressaltou que a chapa ‘XI de Agosto’ reúne “pessoas de várias áreas, para ser plural”. Além disso, durante a entrevista no Grupo aRede, ele reforçou que “a advocacia precisa passar por uma inovação. A OAB vem passando por isso e Ponta Grossa não pode ficar de fora”, relatou o candidato à presidência a OAB-PG.

Por fim, Jorge ressaltou o que a classe advocatícia pode esperar, caso a chapa ‘XI de Agosto’ seja eleita no pleito de 25 de novembro, que acontecerá de maneira totalmente on-line. “Uma gestão aberta aos advogados, competente, ética e dirigida ao avanço de nossa classe. Já temos um plano de trabalho elaborado. Não queremos perder tempo no que vamos fazer, porque já temos esse plano estruturado. Nenhum advogado, durante a nossa gestão, ficará esquecido”, finaliza

Proposta

Ainda durante o bate-papo, Jorge afirmou que “nós não temos apenas propostas, mas um plano efetivo de trabalho, já construído e que colocaremos em prática imediatamente”. Dentre as ideias apresentadas, ele falou sobre a estruturação de toda a equipe de trabalho, lembrando que uma Subseção “não é conduzida por somente 28 advogados, mas sim, com toda a advocacia”. Além disso, falou sobre o planejamento para intensificar as ações voltadas às prerrogativas dos advogados e os planos para a advocacia iniciante. “Precisa de apoio, estrutura. A advocacia não é uma atividade robótica, mas humana”, explicou Jorge, ao lembrar que já há parcerias nesse sentido, de espaço para os novos advogados.

A entrevista na íntegra pode ser assistida no vídeo abaixo:

Conteúdo de marca

Quero divulgar right