PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Prefeitura orienta moradores sobre interligação de esgoto

Ponta Grossa

30 de novembro de 2021 18:28

Da Redação


Relacionadas

Saúde de PG abre pré-cadastro para vacinar crianças

Homem é detido após agredir mulher em bairro de PG

Homem é flagrado com 'pote de crack' em praça de PG

Homem fica ferido ao reagir a assalto em comércio de PG
Secretário comemora retorno de ‘elevador’ em Vila Velha
Temporal derruba árvore em carro e bloqueia ruas
DAF apresenta novo modelo de caminhão em PG
Moradores de Ponta Grossa são orientados sobre interligação de esgoto Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

A ligação correta ao sistema de esgoto evita danos ao meio ambiente e à saúde das pessoas

A partir desta semana, moradores de Ponta Grossa beneficiados por obras de ampliação do sistema de esgotamento sanitário receberão orientações técnicas sobre os cuidados ao fazer a interligação entre a rede interna do imóvel e a rede coletora de esgotos.

A visita, de cunho educativo, será feita em 225 imóveis localizados no Jardim Primavera, Oficinas, Vila Isabel, Jardim Carvalho, Vila Vilela, Santo Antônio e Parque Nossa Senhora das Graças, que passaram a ser atendidos pelo sistema de esgoto nos últimos dois anos.

Na sequência, serão feitas vistorias nos mesmos imóveis, para conferir se a ligação foi executada de maneira correta e orientar se houver necessidade de novas adequações. Caso seja constatado que o imóvel ainda não está interligado à rede ou em caso de irregularidade, o cliente será notificado e terá prazo de 30 dias para corrigir. O imóvel que estiver com a conexão feita de maneira correta receberá um certificado de regularidade.

A gestora de Educação Socioambiental da Sanepar, Luciana Garcia, reforça que a interligação correta do imóvel ao sistema de esgoto melhora o meio ambiente, a saúde e a qualidade de vida da população, além de valorizar o próprio imóvel.

Conforme o Código Sanitário Estadual, é obrigatória a ligação de todos os prédios residenciais, comerciais e industriais localizados em áreas servidas por sistema de coleta de esgoto. O lançamento indevido do esgoto doméstico provoca mau cheiro, poluição, proliferação de insetos e favorece o surgimento de doenças pelo contato com a água poluída. Lançar água de chuva na rede coletora de esgoto pode causar extravasamento e também prejudicar o tratamento do efluente.

O serviço de orientação e vistoria técnica é feito por empresa contratada e treinada pela Sanepar, com agentes identificados pelo crachá, colete azul e veículos com a inscrição “A serviço da Sanepar”. É importante que a população os receba e ouça as suas orientações. Em caso de dúvida, os clientes podem entrar em contato com a Sanepar pelo telefone 0800 200 0115 ou site www.sanepar.com.br .

PUBLICIDADE

Recomendados