PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Obras da ciclofaixa na PR-513 estão em fase final

Ponta Grossa

02 de dezembro de 2021 08:58

Rodolpho Bowens


Relacionadas

Filipe Chociai busca diálogo e projeta metas no Legislativo

Clientes MM ganham TVs da campanha de Natal da Acipg

PG faz blitz de orientação com foco em alagamentos

Após 1 ano, PG já aplicou mais de 628 mil vacinas da covid
Hotel Bourbon PG investe em hospedagem familiar
Adolescente morre afogado em cava do Rio Tibagi
Batida entre carro e caminhão deixa homem ferido em PG
Ciclofaixa fica entre Ponta Grossa e a localidade do Passo do Pupo. Foto: Divulgação/PMPG.
PUBLICIDADE

Investimentos são superiores a R$ 4,7 milhões e incluem 16 km de alargamento de pista e sinalização para a instalação da ciclofaixa

As obras da ciclofaixa na PR-513, entre Ponta Grossa e a localidade do Passo do Pupo, chegam em 90% da conclusão dos trabalhos. Realizada pela Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG), com recursos do Governo do Estado, os investimentos são superiores a R$ 4,7 milhões e incluem 16 km de alargamento de pista e sinalização para a instalação da ciclofaixa e o recape do passeio ao lado do Campus de Uvaranas da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). A previsão de entrega é para o mês janeiro.

De acordo com o secretário da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Planejamento (SMIP), Celso Augusto Sant'Anna, em toda a extensão da rodovia entre o antigo seminário, nas proximidades do Jardim Paraíso e o Passo do Pupo, já conta com a pavimentação asfáltica. “No entanto, ainda falta sinalização vertical e horizontal em alguns segmentos, como também faltam cerca de 600 metros de ciclofaixa a executar desde a Casa do Estudante até o antigo seminário, ainda na Avenida General Carlos Cavalcanti”, explica Sant’Anna.

A prefeita Elizabeth Silveira Schmidt (PSD) comenta que a obra é importante, considerando que as benfeitorias levarão mais segurança para munícipes e turistas que queiram desfrutar das belezas naturais que esta região tem. “A ciclofaixa dá acesso para lindíssimas paisagens, de modo que atenderá os ciclistas que fizerem trilhas nas estradas rurais da região, e que visitarem pontos turísticos de Ponta Grossa, como o Buraco do Padre e o Capão da Onça”, finaliza Elizabeth.

Com informações: Assessoria de Imprensa.

PUBLICIDADE

Recomendados