PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Câmera flagra autor de atentado à Mesquita Imam Ali

Ponta Grossa

03 de dezembro de 2021 13:28

Da Redação


Relacionadas

Capotamento deixa três feridos e um morto na BR-376

Sintropas suspende atividades devido ao contágio de Covid

Prefeitura recolhe 1,5 tonelada de lixo no Santa Terezinha

MP pede obrigatoriedade da vacinação para as crianças
UEPG lamenta falecimento da servidora aposentada
Delegado reforça tese de crime passional na Palmeirinha
UEPG investe mais de R$ 340 mil em ar-condicionado
Polícia Civil divulgou na manhã desta sexta-feira (3) imagens que podem auxiliar na identificação Foto:
PUBLICIDADE

Polícia Civil divulgou na manhã desta sexta-feira (3) imagens que podem auxiliar na identificação

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) divulgou na manhã desta sexta-feira (3) imagens que podem auxiliar na identificação do suspeito que invadiu a Mesquita Imam Ali, na madrugada da última sexta-feira (26), em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais.

As imagens são do circuito de câmeras de estabelecimentos próximos e mostram o suspeito caminhando em direção à mesquita. Em uma delas é possível perceber o criminoso pulando a cerca que dá acesso à ela

O caso aconteceu na semana passada. O suspeito queimou, dentre outros objetos importantes para o Islã, o livro sagrado dos muçulmanos, o Alcorão. Um carro que estava estacionado no local teve o rádio furtado.

O governador Carlos Massa Ratinho Junior lamentou o ato em uma nota de repúdio e determinou uma ampla investigação do caso.

Durante as investigações, a PCPR apurou que a ação criminosa foi praticada por um indivíduo. As diligências seguem a fim de identificar o suspeito e esclarecer os fatos.

O delegado da PCPR Fernando Jasinski, que está à frente das investigações, destaca que o auxílio da população nesta fase é muito importante. “Estamos cumprindo todas as diligências necessárias, desde o início das investigações, para identificarmos o autor da ação criminosa e esclarecer o fato. A ajuda da população é essencial, já que ajuda na identificação do suspeito de forma mais rápida”, afirmou.

Quem tiver informações que auxiliem nas investigações pode denunciar, de forma anônima, por meio do WhatsApp (42) 99827-9684, pelo telefone 197, ou diretamente com as equipes da Polícia Civil.

As imagens do suspeito foram divulgadas no site da Polícia Civil do Paraná.

PUBLICIDADE

Recomendados