PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Prefeitura diz que invasão de área é crime contra a sociedade

Ponta Grossa

06 de dezembro de 2021 09:12

Da Redação


Relacionadas

Violência em PG não é responsabilidade da FNL

Em PG, vacinação de crianças contra a covid inicia sexta

Projeto 'Reaprenda'' contempla 300 presos de Ponta Grossa

Presidente da OAB/PG recebe liderança do Conselho Federal
DAF lança CF rígido 6X2 com novo motor de 6,7 litros
Senac oferece cursos de qualificação em PG
Carta relaciona mortes e guerra de facções em PG
Famílias ocuparam área pública no fim de semana Foto: Reprodução
PUBLICIDADE

Município ressalta que invasão de áreas públicas, como a promovida na região do Parque das Andorinhas, é um crime contra toda a sociedade

Em nota enviada no final de semana ao Portal aRede e ao Jornal da Manhã, a Prefeitura de Ponta Grossa diz que é mentirosa a versão de que a extinção da Prolar interromperá a política de habitação popular e informa que os trabalhos serão assumidos pela Secretaria da Família e Desenvolvimento Social. 

‘Há registros de famílias invadindo terrenos no Parque das Andorinhas, em função de informações levianas que teriam recebido de que com a extinção da Prolar não haveria mais programa de habitação no município. Manipulação política, desinformação e má-fé estão sendo usados para instrumentalizar ações contra a administração municipal e não serão toleradas ações políticas travestidas de movimentos populares, diz a Prefeitura.

 A Prefeitura ressalta que invasão de áreas públicas, como a promovida na região do Parque das Andorinhas, é um crime contra toda a sociedade - especialmente as famílias que estão inscritas nos programas de habitação popular, e que tais atitudes criminosas serão encaminhadas à Justiça e autoridades policiais.

PUBLICIDADE

Recomendados