PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Agendamento da vacinação para crianças terá mudanças

Ponta Grossa

14 de janeiro de 2022 17:30

Da Redação


Relacionadas

Mercado imobiliário deverá passar por mudanças em 2022

Sesa registra novas mortes e PG soma 5 óbitos por H3N2

Corregedoria arquiva denúncias contra vereador Geraldo Stocco

PG tem uma das maiores taxas de positivação de Covid no PR
PG abre nova etapa da vacinação pediátrica
UEPG adia retorno das aulas teóricas presenciais
Prefeitura coleta 4 toneladas de resíduos na Chapada
Vacinas já estão sendo distribuídas para as regionais de saúde do Paraná Foto: Divulgação/AEN
PUBLICIDADE

População seguirá com o preenchimento dos dados de forma online conforme a oferta de doses, mas comprovante com horário será emitido posteriormente


A partir do próximo agendamento de vacinação contra covid-19 para o público de 12 anos ou mais, independente da dose, haverá uma mudança no sistema. O usuário seguirá acessando o site da prefeitura e realizando o preenchimento de seus dados pessoais. Haverá uma confirmação do cadastro, mas o comprovante do agendamento indicando o horário da vacinação será gerado posteriormente, após o esgotamento das vagas. A mudança visa diminuir a sobrecarga enfrentada pelo sistema nas últimas etapas, reduzindo os riscos de queda ou travamento no site.

“Estabelecemos um novo fluxo para tentar otimizar o processo de agendamento, ainda mais com o aumento do público aguardando a dose de reforço. O agendamento deverá sempre ser aberto no início da tarde e o comprovante estará disponível para a consulta no sistema após às 18h, quando o agendamento já houver encerrado e tiver diminuído a demanda de acessos. Este modelo será adotado para os agendamentos do público de 12 anos ou mais, pois para as crianças já trabalharemos com um outro formato, do pré-cadastro”, aponta o presidente da Fundação Municipal de Saúde, Rodrigo Manjabosco.

Na prática, o que muda é o processamento interno dos agendamentos. No formato atual, além de registrar cada usuário agendado, o sistema também faz a distribuição dos horários, conforme a quantidade de doses e a capacidade de aplicação de cada equipe. Com o sistema sobrecarregado, como ocorreu nas últimas etapas, não foi possível processar o registro do agendamento e a distribuição dos horários simultaneamente. Com a mudança, será feito apenas o registro do usuário no agendamento, e a distribuição dos horários ocorrerá posteriormente, depois do agendamento encerrado.

Neste novo fluxo, quando houver, os agendamentos serão sempre abertos no início da tarde, e o comprovante com o horário da aplicação estará disponível no mesmo dia a partir das 18h. A Fundação Municipal de Saúde reforça que a aplicação da vacina só ocorrerá mediante apresentação do comprovante de agendamento, onde constam os dados pessoais do usuário e o horário programado para a aplicação. 


As informações são da assessoria de imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados