PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Dois homens são atingidos por tiros após homicídio

Ponta Grossa

16 de janeiro de 2022 08:40

Da Redação


Relacionadas

Em PG, idoso é agredido a marteladas em Uber

Jovem é morto a tiros na região do Jardim Carvalho

Acidente perto da rodoviária fere motociclista

Delegado Marcus Sebastião deixa importante legado
Cara Nova é destaque na oferta de materiais de construção
PM manterá sede da 1ª Companhia no Parque Ambiental
MCG destaca restauro da sede na 20ª Semana dos Museus
Ambas as vítimas foram levadas para o Hospital Universitário da UEPG Foto: Arquivo aRede
PUBLICIDADE

Depois da execução no Costa Rica, dois homens foram atingidos por disparos de arma de fogo em locais distintos da cidade, um no bairro Contorno e outro no Colônia Dona Luiza

Após o homicídio no Costa Rica, dois homens foram atingidos por disparos de arma de fogo em locais distintos da cidade de Ponta Grossa: um no núcleo Itapoá, no bairro Contorno, na noite de sábado (15) e outro na madrugada deste domingo, no bairro Colônia Dona Luiza. Um deles foi atingido na região da face. Ambos sobreviveram e foram levados para o Hospital Universitário da UEPG, em Ponta Grossa. Nos dois casos, os tiros vieram de ocupantes de motocicleta.

O primeiro dos casos aconteceu por volta das 22h45 de sábado, na rua Pando Martins, no Itapoá. De acordo com a vítima, uma motocicleta se aproximou dele, com duas pessoas, e o passageiro efetuou os disparos em sua direção. O SAMU então foi acionado e conduziu a vítima até o Hospital Regional, para onde os policiais militares se dirigiram para obter mais detalhes sobre o crime.

Já o outro crime foi registrado na rua Traquito, no Jardim Ouro Verde, bairro Colônia Dona Luiza, na madrugada do domingo. O relato dele foi semelhante ao primeiro: dois ocupantes se aproximaram em uma moto, pararam ao seu lado e um deles realizou dois disparos. Um dos tiros atingiu sua face. Da mesma forma, o SAMU foi acionado e ele levado consciente ao Hospital Universitário da UEPG. Os policias também se deslocaram até o HU, onde conversaram com a vítima, a qual relatou não saber das motivações dos disparos.

Equipes policiais realizaram patrulhamentos para localizar os suspeitos, mas ninguém foi encontrado ou detido. 

PUBLICIDADE

Recomendados