PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Quatro homicídios em uma semana assustam PG

Ponta Grossa

16 de janeiro de 2022 11:15

Da Redação


Relacionadas

Feirão do Imposto cedeu 102 vouchers de gasolina a R$ 5

UEPG terá o primeiro IML universitário do país

Carro destrói poste em frente ao Palladium

Aneel mantém bandeira tarifária verde para junho
Mulher é baleada em frente à residência em PG
ASPP oferta a melhor estrutura ao servidor público do PR
Observatório Astronômico da UEPG terá noite com as estrelas
Quatro crimes ocorreram entre domingo (9) e sábado (15) em Ponta Grossa Foto: Arquivo aRede/Marcio Lopes
PUBLICIDADE

Além disso, entre a noite deste sábado e a madrugada deste domingo, dois homens foram alvejados por tiros, sendo em um deles na face, mas ambos sobreviveram

Desde o último domingo, dia 9 de janeiro, a morte violenta de quatro homens, em circunstâncias semelhantes, tem assustado os moradores de bairros de Ponta Grossa. Todos eles chamam a atenção pela forma da execução, com tiros, geralmente no rosto. Além dessas quatro mortes, outros dois homens foram alvejados entre a noite deste sábado (15) e domingo (16), também com tiros, sendo um deles atingido na cabeça, mas não morreram. Os casos estão sendo investigados pela Polícia Civil.

O primeiro dos casos foi registrado na madrugada do domingo, dia 9 de janeiro, no bairro Contorno. A vítima, de 39 anos, morava próximo ao local do crime, na Rua Sertanópolis. Segundo os relatos, ele estaria em frente a sua residência, quando foi atingido por dois tiros – um nas costas e outro no braço direito. Ele não resistiu e morreu em via pública.

O intervalo deste primeiro homicídio do ano para o segundo foi de cinco dias. O segundo também foi registrado no bairro Contorno, mas na rua Augusto Tochinski, no residencial Porto Feliz, ao lado do Buenos Aires, no bairro Contorno. O crime ocorreu na manhã de sexta-feira (14), por volta das 9h30, quando dois homens adentraram no imóvel em que estava o rapaz, e em um dos cômodos, efetuaram os disparos contra ele. O jovem de 21 anos morreu no local do crime.

Poucas horas depois, ainda na sexta-feira (14) no período noturno, após as 23 horas, a vítima foi um adolescente de 15 anos. Morador da Vila Cipa, os criminosos entraram na casa, onde localizaram o menor, e abriram fogo contra ele. Quatro tiros acertaram o menino na região da face.

Menos de 24 horas depois deste terceiro homicídio, ocorreu a quarta morte. A vítima desta vez foi um homem no núcleo Costa Rica, no bairro Neves. O crime foi registrado pela noite, pouco antes das 21 horas do sábado (15). De acordo com testemunhas, dois homens mascarados chegaram no local do crime e mandaram a vítima colocar as mãos na cabeça, quando iniciaram os disparos de arma de fogo.

Todos esses crimes estão sendo investigados pela Polícia Civil.

 

Outros dois homens também foram atingidos por disparos

Além dessas mortes, outros dois homens foram alvejados por disparos, horas depois do último homicídio. Ambos sobreviveram. O primeiro dos casos aconteceu por volta das 22h45 de sábado (15), na rua Pando Martins, no Itapoá. De acordo com a vítima, uma motocicleta se aproximou dele, com duas pessoas, e o passageiro efetuou os disparos em sua direção. O SAMU então foi acionado e conduziu a vítima até o Hospital Universitário.

Já o outro crime foi registrado na rua Traquito, no Jardim Ouro Verde, bairro Colônia Dona Luiza, na madrugada deste domingo (16). O relato dele foi semelhante ao anterior: dois ocupantes se aproximaram em uma moto, pararam ao seu lado e um deles realizou dois disparos. Um dos tiros atingiu sua face. Da mesma forma, o SAMU foi acionado e ele levado consciente ao Hospital Universitário da UEPG.

 

 

Outros casos de homicídios ocorridos em Ponta Grossa

Em 2021, inúmeros homicídios ocorreram na cidade. Em outubro, por exemplo, a Polícia Civil chegou a revelar que havia uma disputa de facções na cidade, ocasionada por desentendimentos, dívidas de droga e busca de domínio por ponto de venda de entorpecentes. Na ocasião, a polícia detalhou que mais de 24 homicídios tinham ocorrido na cidade, entre 13 de dezembro de 2020 e 23 de outubro de 2021, com a autoria por parte de três listados.

Além disso, em dezembro do ano passado, a Polícia Militar atuou no cumprimento de mandados de busca e apreensão domiciliar, resultando na prisão de um jovem de 21 anos suspeito de um homicídio ocorrido em julho último. 

PUBLICIDADE

Recomendados