PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Comércio de PG tem resultado superior à média do Paraná

Ponta Grossa

17 de janeiro de 2022 18:20

Fernando Rogala


Relacionadas

Sindimetal-PG passa a ter Orceli Martins na presidência

Escola de R$ 5 mi vai atender 500 alunos em PG

Confira as vagas de emprego desta sexta-feira (27/05)

Fiep inaugura novas instalações da Casa da Indústria em PG
‘Encontro de Carros Antigos’ garante alimentos a entidades
Encontro Paranaense de Bibliotecários ocorre na UEPG
Prefeitura abre PSS para contratação de médicos
Resultados na comparação com outubro de 2020 estão acima da média estadual Foto: Arquivo aRede
PUBLICIDADE

Crescimento nas vendas de setembro para outubro foi o maior entre todas as regiões do Estado


O comércio de Ponta Grossa teve um desempenho superior à média registrada em outras regiões paranaenses no mês de outubro de 2021. Dados da Pesquisa Conjuntural, realizada mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado (Fecomércio), e divulgada nesta segunda-feira (17) apontam que o município teve o maior crescimento do Estado nas vendas na comparação de setembro para outubro, e que entre as seis regiões pesquisadas no Paraná, a de Ponta Grossa foi a segunda melhor na comparação de outubro de 2021 com outubro de 2020.

Na variação mensal, de setembro para outubro, as vendas na cidade de Ponta Grossa tiveram uma alta de 3,48%. Foi o melhor desempenho, à frente de Maringá (alta de 3,03%) e de Curitiba e Região Metropolitana (1,55%). A média estadual foi uma estabilidade, com leve aumento de 0,45%. As regiões Oeste e Londrina apresentaram retração, de -0,97% e -2,66%, respectivamente. 

Já no que se refere às comparações anuais, das vendas de outubro de 2021 com outubro de 2020, houve uma retração nas vendas no Estado. A pesquisa aponta que a média estadual foi uma queda média de 7,21%. A região de Maringá foi a única positiva, com crescimento de 3,67%, enquanto que Ponta Grossa, das que tiveram baixa nas vendas, foi a que teve a menor queda, de -3,25%. As maiores quedas foram em Curitiba e Região Metropolitana (-7,04%), Região Oeste (-7,73%) e Londrina (-11,61%). 

Na comparação de setembro para outubro, dos 10 setores avaliados, sete aumentaram as vendas, com destaque para concessionárias de veículos (31,5%), autopeças (26,9%), óticas/cine/foto/som (10,5%) e farmácias (9,95%). Apenas houve baixa de lojas de departamentos (-1,59%), livraria e papelaria (-0,89%) e combustíveis (-0,41%). Já na comparação anual de outubro para outubro, houve crescimento em apenas três setores: vestuário e tecidos (33,6%), livrarias e papelarias (24,4%) e farmácias (1,93%). As maiores retrações foram dos setores de óticas/cine/foto/som (-26,9%), materiais de construção (-20,6%) e lojas de departamentos (5,78%).


Crescimento é de 4,69% em 2021

No acumulado do ano, Ponta Grossa teve um desempenho melhor em 2021, na comparação com 2020. Entre janeiro e outubro, somado todo o faturamento, as vendas do comércio varejista estão 4,69% maiores. É um valor que está abaixo da média estadual, de 9,89%. Porém essa diferença pode ser explicada pelo fato de que Ponta Grossa foi a única região que não teve queda nas vendas em 2020, na comparação com 2019 (alta de 1,18%), ao passo que a média estadual de queda de 4,5%. Em 2021, os melhores desempenhos na cidade são de concessionárias de veículos (+31,5%) e autopeças (+26,9%).

PUBLICIDADE

Recomendados