PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Morcego infectado com raiva é localizado em PG

Ponta Grossa

18 de janeiro de 2022 09:28

Da Redação


Relacionadas

Homem cai em valeta, quebra pescoço e morre

Feirão do Imposto cedeu 102 vouchers de gasolina a R$ 5

UEPG terá o primeiro IML universitário do país

Carro destrói poste em frente ao Palladium
Aneel mantém bandeira tarifária verde para junho
Mulher é baleada em frente à residência em PG
ASPP oferta a melhor estrutura ao servidor público do PR
Um morcego infectado com raiva foi encontrado no centro de Ponta Grossa. Foto: Ilustração/Pixabay
PUBLICIDADE

Em Ponta Grossa, já houve casos de morcegos positivos. O último ocorreu em 2018

Um morcego infectado com raiva foi encontrado no centro de Ponta Grossa. O Centro de Referência para Animais em Risco (CRAR-PG) alertou a população através de suas redes sociais na tarde desta segunda-feira (17).

Nas postagens, o CRAR publicou todas as informações necessárias para informar a população:

O que é?

É uma zoonose muito grave  que acomete mamíferos, inclusive o homem. Resulta em óbito em quase 100% dos casos.

Como é transmitida?

Pela saliva de mamíferos infectados, através da mordedura, arranhadura e/ou lambedura. O principal transmissor é o morcego.

Alguns sintomas em humanos

- Paralisia muscular

- Aumento da sensibilidade às sensações

- Dificuldade de coordenação motora 

- Convulsões

Alguns sintomas em outros mamíferos

- Mudança de comportamento

- Salivação abundante

- Agressividade

- Dificuldade para engolir

Como prevenir?

Vacinar com antirrábica cães e gatos anualmente, e nunca tocar em animais silvestres, principalmente morcegos.

O que fazer ao ser agredido por um animal ou entrar em contato com um morcego?

Lave o ferimento com água e sabão, e procure imediatamente o serviço de saúde mais próximo.

O CRAR também alerta para jamais encostar diretamente em um morcego. Caso encontre algum caído ou morto durante o dia, cubra-o com um balde ou caixa de papelão e não permita que outros animais entrem em contato. Comunique a Coordenação de Zoonoses para que seja realizada a coleta, pois, esses animais são protegidos pela Lei Federal 9605/98 e são muito importantes para a polinização e controle de insetos.

Com o morcego positivo as medidas de prevenção devem ser reforçadas. A equipe da Coordenação de Zoonoses realizou visitas nas casas próximas de onde o animal foi encontrado para as devidas orientações. O CRAR também informa que não há motivo para pânico, pois não é incomum morcegos positivarem para raiva.

Em Ponta Grossa, já houveram casos de morcegos positivos. O último ocorreu em 2018.

Caso encontre um desses animais, entre em contato com a Coordenação de Zoonoses pelo telefone (42) 3220-1000 + ramal 4094 ou 4095.

Com informações: Assessoria de Imprensa.

PUBLICIDADE

Recomendados