PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

PG faz blitz de orientação com foco em alagamentos

Ponta Grossa

19 de janeiro de 2022 18:58

Da Redação


Relacionadas

UBS Sady Silveira funcionará 24h para atender crianças

Princípio de incêndio mobiliza bombeiros no centro de PG

Vídeo mostra ação de bandidos em tabacaria de PG

Motorista dorme ao volante e capota carro em rodovia de PG
Programa amplia ações de combate à fome em PG
Acidente no Jardim Carvalho deixa um ferido
Feto é encontrado em caixa de recicláveis em PG
PUBLICIDADE

Ação preventiva visou preparar os munícipes para ocorrências geradas por temporais

A Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Cidadania e Segurança Pública, realizou nesta quarta-feira (19), ao lado do Terminal Central, na Avenida Vicente Machado, uma blitz educativa, com o intuito de orientar a população sobre as medidas possíveis a serem tomadas em casos de fortes chuvas, vendavais, temporais e alagamentos que estão acontecendo com frequência na cidade. A ação contou com o apoio dos agentes da Defesa Civil, Guarda Civil Municipal e agentes de trânsito.

Cerca de 200 motoristas foram abordados e receberam panfletos informativos com orientações diversas de ações atendidas pela Defesa Civil, com  destaque para intempéries como granizo, deslizamento de terra, destelhamentos, inundações e alagamentos, ocasionados por tempestades e vendavais.

O prefeito em exercício, Capitão Saulo, esteve no local e participou da blitz. Ele comenta que além do atendimento por parte da Defesa Civil, cabe à Prefeitura levar o conhecimento para a população de como proceder em situações de risco. “Nossa orientação também foi preventiva, com o intuito de fazer com que as pessoas não obstruam ou entupam com resíduos sólidos os bueiros e bocas de lobo, que são potenciais causadores de alagamentos em situações de chuvas muito intensas”, explica Saulo.

A secretária de Cidadania e Segurança Pública, Tânia Sviercoski, relata que o momento é oportuno para esta orientação devido às chuvas fortes que estão acontecendo com frequência no mês de janeiro. “Neste mês tivemos 10 ocorrências de alagamentos, devido ao grande volume de chuvas num curto espaço de tempo e a previsão é que até o final do mês  as chuvas se repitam, por isso a ação foi voltada para a orientação das pessoas em relação ao trabalho da Defesa Civil nessas ocasiões", finaliza a secretária.

PUBLICIDADE

Recomendados