PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Agente acusa colega por estupro dentro da PEPG

Ponta Grossa

28 de janeiro de 2022 15:44

Da Redação


Relacionadas

Sindimetal-PG passa a ter Orceli Martins na presidência

Escola de R$ 5 mi vai atender 500 alunos em PG

Confira as vagas de emprego desta sexta-feira (27/05)

Fiep inaugura novas instalações da Casa da Indústria em PG
‘Encontro de Carros Antigos’ garante alimentos a entidades
Encontro Paranaense de Bibliotecários ocorre na UEPG
Prefeitura abre PSS para contratação de médicos
Modelo em propostas de ressocialização de presos, PEPG se localiza na região do Santa Marta Foto: Arquivo aRede/JM
PUBLICIDADE

Funcionária foi encaminhada ao Programa Prumos para atendimento psicológico; acusado foi transferido para funções administrativas

Uma agente penitenciária acusa o próprio colega por violência sexual. Os dois são servidores do Departamento de Polícia Penal (Deppen). O suposto estupro aconteceu na Penitenciária Estadual de Ponta Grossa. Fontes ouvidas pelo Portal aRede confirmam a existência de um boletim de ocorrência, confeccionado numa unidade policial da cidade. Não há informações sobre a data dos fatos. A relação sexual teria ocorrido no plantão deles.

Em nota enviada nesta sexta-feira (28), ao Portal aRede, o Departamento de Polícia Penal (Deppen) informa que tão logo recebeu as informações sobre a situação relatada iniciou a tomada de medidas necessárias. A funcionária foi encaminhada ao Programa Prumos para atendimento psicológico, e está sendo acompanhada pela direção da unidade. O funcionário citado por ela foi transferido para funções administrativas enquanto aguarda as apurações.

O Deppen informa ainda que um procedimento disciplinar foi aberto e o caso está sendo analisado pela Corregedoria do Departamento Prisional. O Deppen não se manifestará até o fim das investigações para não interferir no caso.

Outro lado

Após a reportagem, o advogado que defende o funcionário acusado, João Maria de Goes Junior, entrou em contato com o Portal aRede e afirmou que o agente nega as acusações e irá se manifestar oportunamente. "Nega tudo e vai tentar provar inocência na sequência".

 

PUBLICIDADE

Recomendados