PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Adicional de insalubridade será pago mais 1 mês pelo Executivo

Ponta Grossa

28 de janeiro de 2022 15:52

Rodolpho Bowens


Relacionadas

Polícia Civil realiza mais de 17,7 mil procedimentos

Unidades penais de PG serão vigiadas por drones

Por que parece que ficamos mais doentes à noite?

Grupo é preso acusado de causar pânico em PG
Polícia aborda idoso com drogas em PG
Colisão entre carro e caminhão deixa idosas feridas em PG
Homem que foi pedir pão agride mulher e é detido em PG
Em 2021, protestos aconteceram pedindo o pagamento do adicional de insalubridade. Foto: Divulgação/SindServ.
PUBLICIDADE

Servidores da saúde, que atuam na linha de frente no combate à covid-19, receberão o adicional

A Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG) anunciou que pagará mais um mês do adicional de 40% de insalubridade aos servidores municipais da Saúde, que estão atuando na linha de frente no combate à covid-19. A informação foi confirmada pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Ponta Grossa (SindServ), por meio de suas redes sociais, nesta tarde de sexta-feira (28) e pela assessoria do Poder Executivo. O pagamento desse adicional será feito em folha avulsa, referente ao mês de janeiro. Até o momento, não há previsão para estender o adicional de 40% de insalubridade para os próximos meses.

Em 19 de janeiro, lideranças do SindServ se reuniram com o prefeito em exercício na época, Saulo Vinicius Hladyszwski (PSD), mais conhecido como 'Capitão Saulo', reivindicando a necessidade do adicional, por conta do aumento de casos da covid-19 causados pela variante Ômicron – somente na última quinta-feira (27), de acordo com o boletim da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Ponta Grossa registro 930 novos positivados para a Sars-CoV-2.

Além disso, na última terça-feira (25), representantes do sindicato ponta-grossense conversaram com servidores municipais, explicando a busca pelo pagamento do adicional de 40% de insalubridade – mais detalhes clique aqui. Sobre o anúncio desta sexta-feira, por parte do SindServ, assista o vídeo abaixo:

Segundo o presidente do SindServ, Roberto Ferensovicz, “assim que vimos o aumento significativo da variante Ômicron em Ponta Grossa, o sindicato já se manifestou pela manutenção do pagamento. Nas primeiras semanas, tivemos um afastamento grande de trabalhadores que atuam na linha de frente, sobrecarregando os que permanecem na atividade. É uma forma da administração valorizar esses servidores”, disse ao Portal aRede.

Mais informações sobre esse pagamento deverão ser divulgadas pela Prefeitura de Ponta Grossa na próxima semana. Ainda de acordo com Roberto, as lideranças do SindServ devem se reunir, nos próximos dias, com a secretária da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (SMARH), Cliciane Garczarek, para entender, com mais detalhes, como será feito esse pagamento e se ele precisaria ser prorrogado.

PUBLICIDADE

Recomendados