PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Vou de Bike prevê bicicletários em PG

Ponta Grossa

17 de maio de 2022 14:45

Patricia Lucini


Relacionadas

Casal é preso com drogas ao lado do Aeroporto

Obra emergencial afeta distribuição de água em PG

Homem executado a tiros em PG é identificado

Apostador de PG ganha R$ 17,8 mi na Quina de São João
PG realiza mais de 400 exames preventivos neste sábado
Homem é executado a tiros no bairro Contorno
Ponta Grossa sedia Circuito de Xadrez neste sábado
Programa quer incentivar o uso de bicicletas como meio de transporte Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Projeto de lei de autoria do vereador Felipe Passos será analisado em segunda discussão pela Câmara 

Os vereadores de Ponta Grossa devem analisar, em segunda discussão, na sessão ordinária desta quarta-feira (18), projeto de lei 160/21, de autoria do vereador Felipe Passos (PSDB), que institui o programa Vou de Bike, com a instalação de bicicletários no município.

Segundo o vereador, entre os propósitos do programa está o incentivo ao uso de bicicletas como meio de transporte, com vistas a melhorar as condições de mobilidade urbana na cidade, mediante a promoção de meio de transporte não poluente.

Ente os objetivos estão o estímulo para que empresas promovam a utilização de bicicletas por seus funcionários e clientes; criar uma cultura favorável aos deslocamentos cicloviários como modalidade de deslocamento eficiente e saudável; desenvolver ações para a melhoria do sistema de mobilidade cicloviária; melhorar a qualidade de vida no Município e as condições de saúde da população.

 “É um projeto que além de incentivador da utilização de bicicleta como meio de transporte não poluente e saúde, hoje também tem é necessário, já que muitas pessoas estão usando bicicleta para ir ao trabalho devido à alta no preço – seja do transporte público, aplicativos ou combustível”, explica Felipe Passos.

Ele ressalta que a empresa jurídica participante do programa será denominada ‘Empresa amiga do ciclista’ e será responsável pela doação do suporte para estacionamento de bicicletas. A proposta também prevê que o poder público também poderá realizar parcerias público-privadas para a disponibilização de bicicletários nas vias públicas, prédios e órgãos públicos municipais. “É uma ideia que já acontece não só em capitais, mas em muitas cidades de menor porte que Ponta Grossa”, completa o vereador. 

PUBLICIDADE

Recomendados