PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

PG luta por atendimento especializado em fibromialgia

Ponta Grossa

23 de maio de 2022 11:32

Da Redação


Relacionadas

Treinamento visa melhorar transparência em PG

Sergio Moro cumpre agenda em Ponta Grossa nesta quarta

Nova diretoria da OAB-PG é empossada nesta quinta-feira

Unimed PG é premiada em evento na cidade de Curitiba
Diocese de PG abre série de formações missionárias
Indústria, comércio e serviços geram 9 mil vagas em 2 anos
Batida entre moto e caminhão deixa rapaz ferido em PG
Voluntárias lutam por criação de Centro da dor, em Ponta Grossa. Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

A proposta é para criação do 'Centro da dor' que reúna especialistas e atenda pacientes da região dos Campos Gerais. 

A Associação Nacional de Fibromiálgicos e Doenças Correlacionadas (Anfibro), luta para conseguir um centro especializado para atendimento de pessoas que sofrem com a fibromialgia, chamado 'Centro da dor'. O projeto já funciona em outros estados e o grupo da região dos Campos Gerais se mobiliza para ser executado em Ponta Grossa.

As pessoas que sofrem com a Fibromialgia, enfrentam dor crônica, fadiga, sono não reparador, entre outros sintomas. “Nós fibromiálgicos, não conseguimos fazer o mesmo exercício físico que outras pessoas fazem, temos dor 24 horas, mesmo medicada. Nossa luta é para conseguir atendimento especializado”, diz a voluntária Adriane Scremin.

Segundo a Anfibro, o número de pacientes com fibromialgia tende a aumentar nos próximos anos em decorrência dos sintomas pós COVID-19. A voluntária Adriane, diz que Em Ponta Grossa, há apenas um especialista de reumatologia que atende no Hospital Universitário.

O que é o "Centro da dor"?

O Centro da dor, será um local para atendimento de todas as especialidades que o paciente de fibromialgia necessita: psicologia, psiquiatria, reumatologia, neurologia, dentre outros.  A solicitação dos pacientes se fundamenta no fato de precisarem ir a vários locais em busca de atendimento especializado, ao mesmo tempo, em que enfrentam os terríveis sintomas que a doença lhe causa. 

O que é a Fibromialgia?

Segundo a Associação de Reumatologia, a síndrome da fibromialgia (FM) é uma síndrome clínica que se manifesta com dor no corpo todo, principalmente na musculatura. Junto com a dor, a fibromialgia cursa com sintomas de fadiga (cansaço), sono não reparador (a pessoa acorda cansada) e outros sintomas como alterações de memória e atenção, ansiedade, depressão e alterações intestinais. Uma característica da pessoa com FM é a grande sensibilidade ao toque e à compressão da musculatura pelo examinador ou por outras pessoas.

A fibromialgia é um problema bastante comum, visto em pelo menos em 5% dos pacientes que vão a um consultório de Clínica Médica e em 10 a 15% dos pacientes que vão a um consultório de Reumatologia.

De cada 10 pacientes com fibromialgia, sete a nove são mulheres. Não se sabe a razão porque isto acontece, não parece haver uma relação com hormônios, pois a fibromialgia afeta as mulheres tanto antes quanto depois da menopausa. Talvez os critérios utilizados hoje no diagnóstico da FM tendam a incluir mais mulheres.  A idade de aparecimento da fibromialgia é geralmente entre os 30 e 60 anos. Porém, existem casos em pessoas mais velhas e também em crianças e adolescentes.

PUBLICIDADE

Recomendados