PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

PPP da iluminação prevê R$ 100 mi em investimentos

Ponta Grossa

26 de maio de 2022 08:58

Da Redação


Relacionadas

Subnotificação de casos de estupro é tema de TCC na UEPG

Prefeitura inaugura Ciclofaixa Estelio Viatroski em PG

Casal é preso com drogas ao lado do Aeroporto

Obra emergencial afeta distribuição de água em PG
Homem executado a tiros em PG é identificado
Apostador de PG ganha R$ 17,8 mi na Quina de São João
PG realiza mais de 400 exames preventivos neste sábado
Encontro realizado na manhã desta quarta-feira (25) debateu a PPP da iluminação pública. Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Prefeita reforça benefícios da PPP e solicita apoio aos vereadores

Os benefícios do Projeto de Concessão do Sistema de Iluminação Pública, na modalidade Parceria Público-Privada (PPP), e a necessidade de atualizações na legislação municipal foram tema de encontro nesta quarta-feira (25) entre a prefeita Elizabeth Schmidt, secretários municipais, vereadores e representantes da Caixa Econômica Federal.

A reunião aconteceu com o objetivo de contar com o apoio dos vereadores na aprovação dos ajustes necessários na legislação municipal, para que seja possível seguir com as próximas etapas até o leilão da proposta de PPP. Os estudos e o projeto para a melhor proposta de modernização e eficiência do serviço de Iluminação Pública já foram realizados. O projeto ainda passará por audiências públicas, mas a expectativa é que o leilão aconteça até o final de 2022.

A prefeita Elizabeth Schmidt destacou que o projeto para Ponta Grossa prevê investimentos de até R$ 100 milhões para a mudança no sistema de iluminação em toda a cidade. “O Brasil inteiro está sonhando com essa realização e aqui em Ponta Grossa não é diferente. Estou me sentindo verdadeiramente iluminada por escrever essa nova página na história da cidade”.

Já a presidente da Agência de Inovação e Desenvolvimento, Tônia Mansani, reforça a missão de fazer de Ponta Grossa uma cidade inteligente e inclusiva. “A iluminação pública é a porta de entrada para as cidades inteligentes. Entre as vantagens que a nova tecnologia garante, destacam-se a economia de energia e de recursos financeiros; acionamento e desligamento das redes de iluminação à distância; mensuração de performance e gasto energético. Daremos esse primeiro passo com a iluminação pública, trazendo mais segurança e acesso a novas tecnologias. E sabemos que teremos um grande desafio, já que será necessário substituir 48 mil pontos em toda a cidade”.

As sugestões indicadas na legislação foram apresentadas pelo procurador do município, Márcio Rezende. “A PPP é mais do que um simples contrato e a nossa legislação precisa ser atualizada para que possamos avançar com este projeto”, complementa.

O presidente da Câmara, o vereador Daniel Milla, destacou a iniciativa. Junto com os vereadores que integram as comissões internas do Legislativo, ele enfatizou que é preciso uma aprovação com celeridade. “Não é só a cidade que ganha, mas todos nós vereadores também por participar deste trabalho que atenderá às reivindicações de muitos moradores. A cidade vai avançar e já está avançando. E a Câmara estará junto neste projeto”.

O projeto

O Projeto de Concessão do Sistema de Iluminação Pública, na modalidade Parceria Público-Privada (PPP) foi apresentado em dezembro de 2021. Após leiloada, a iluminação pública da cidade receberá investimentos do setor privado para modernização, com conversão para LED, além da extensão de rede, contemplando áreas hoje deficientes de iluminação e zonas rurais.

“Hoje temos a responsabilidade de fazer dar certo os projetos e uma das áreas prioritárias é a da iluminação pública. Sabemos que vai além da iluminação, agregando experiências que poderão ser muito bem aproveitadas pelo município em outras áreas”, fala Leonardo Pudell Sobreira, coordenador da filial Curitiba da gerência de governo da Caixa. Ele esteve acompanhado por Adenir Martins, gerente regional da Caixa em Ponta Grossa e Anita Martinelli, superintendente regional Campos Gerais da Caixa.

Com informações da assessoria de imprensa


PUBLICIDADE

Recomendados