PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Mulher é espancada até a morte em PG; marido agoniza

Ponta Grossa

26 de maio de 2022 14:02

Da Redação


Relacionadas

Diocese de PG abre série de formações missionárias

Indústria, comércio e serviços geram 9 mil vagas em 2 anos

Memórias de ex-alunos do Maestro Paulino vira podcast

Batida entre moto e caminhão deixa rapaz ferido em PG
PG inicia revitalização de 35 Km de ruas no centro e bairros
Alunos da UTFPR desenvolvem projeto de Metrologia Mecânica
Comboio da Saúde realiza nova ação em PG nesta quarta
Dolores Ribeiro Miranda, 64, foi morta. O marido dela, Adão Miranda, 67, também foi agredido Foto: Reprodução/Facebook
PUBLICIDADE

Crime hediondo aconteceu na PR-151, numa propriedade rural localizada nas proximidades do Golfe Clube

Desconhecidos invadiram uma propriedade na PR-151, perto da sede do Golfe Clube (trecho entre Ponta Grossa e Palmeira), e espancaram até a morte a dona de casa Dolores Ribeiro Miranda, 64. O marido dela, Adão Miranda, 67, também foi agredido e está internado num dos hospitais da região.

Até o momento não se sabe ao certo o que pode ter acontecido. A Polícia Civil, responsável pala investigação, ainda não apresentou uma informação oficial. A hipótese de o crime se tratar de um, latrocínio – roubo seguido de morte -, não está descartada. O corpo de Dolores foi encaminhado ao necrotério do Instituto Médico Legal por volta das 8h30 da manhã.

Veja nota da PM sobre a ocorrência

Em nota distribuída à imprensa, na tarde desta quinta-feira (26), a PM prestou a seguinte informação:

"No local, a equipe deparou-se com uma pessoa do sexo feminino, 64 anos, com ferimentos na região craniana, caída ao chão e um masculino, 65 anos, desorientado, apresentando ferimentos na região da face. A filha do casal (42 anos) relatou que deslocou até a localidade, após receber um áudio de seu genitor lhe informando que sua mãe havia morrido. Compareceu no local a equipe do SAMU que constatou o óbito da feminina e prestou atendimento ao masculino, sendo este encaminhado para atendimento hospitalar. Foi realizado o acionamento da Polícia Civil, Polícia Criminalística e IML para as devidas providências.".


PUBLICIDADE

Recomendados