'Equidade na Educação' é tema em formação de diretoras

Diretoras e diretores de Castro e Ponta Grossa participam nesta segunda e terça de formação presencial para melhorar o aprendizado dos alunos

Encontro reúne diretores e diretoras das duas cidades.
Encontro reúne diretores e diretoras das duas cidades. -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Diretoras e diretores de Castro e Ponta Grossa participam nesta segunda e terça de formação presencial para melhorar o aprendizado dos alunos

Diretoras e diretores dos municípios de Ponta Grossa e Castro participam nesta segunda e terça (27 e 28) do Encontro para Formação de Lideranças para a Equidade. A proposta do evento é debater estratégias para aprimorar a aprendizagem de cada um dos alunos das redes municipais, respeitando as suas individualidades. O encontro conta com 210 gestores das duas cidades e tem a parceria do Centro Lemann.

O conceito de equidade está ganhando cada vez mais importância no dia a dia de professores e alunos da educação pública. O termo chegou para arejar o ensino e demonstrar que além de oferecer condições de acesso para todos os alunos, a educação precisa ir além e oferecer atenção individualizada para cada criança, na medida do potencial e das necessidades de cada uma.

Para melhor desenvolver e para encontrar formas de aplicar esse conceito nas escolas, os dois municípios estão participando do Programa de Formação de Lideranças Educacionais, promovido pelo Centro Lemann, com atividades online e encontros presenciais.

Conforme a secretária de Educação de Ponta Grossa, professora Simone Pereira Neves, o encontro promove a integração entre as práticas dos profissionais de cada rede e a troca de experiências entre as cidades. "Estamos em um momento de recomposição das aprendizagens e fica bastante evidente que é necessário agir com equidade, pois cada aluno é único e teve experiências singulares nestes últimos anos. Além disso, é uma oportunidade para desenvolver esse olhar em nossos diretores e diretoras, que são também líderes nesse processo", analisa Simone.

Rejane de Paula Nocera, secretária de Educação de Castro, indica que os profissionais estão evoluindo como lideranças, pessoas e professores. "Pensando nessa interação com a rede de Ponta Grossa, é muito interessante quando a gente escuta e percebe que as necessidades, problemas, sonhos e conquistas são muito parecidos com as nossas. E percebo o quanto a gente precisa descobrir as realidades de vários outros municípios para podermos identificar coisas na nossa própria rede", conta Rejane, que também destaca a parceria com Ponta Grossa. "Fortalece os laços entre os diretores da sua própria rede e também entre as duas cidades", avalia.

Rita Jobim, coordenadora pedagógica de formação do Centro Lemann, explica que a proposta do programa é que cada equipe gestora reflita e promova ações em suas escolas, desde já, pensando em suas práticas, competências e experiências de liderança, sempre com foco na equidade. "A equidade é diferente da igualdade. Na educação como um todo, se tem a tendência de dizer que devemos oferecer o mesmo para todos, que isso é justo. E o que trazemos é que não é o mesmo para todos que resolve, mas sim dar a cada um o que cada um precisa, entendendo os contextos sociais, econômicos, as trajetórias de vida, marcadores raciais, gênero, deficiências, e outras necessidades. Precisamos ter um olhar para a individualidade, para fazer com que todo mundo consiga ter acesso às mesmas coisas, e tenha o mesmo potencial de se desenvolver, mas para isso é preciso dar coisas ligeiramente diferentes para cada um. É preciso equilibrar os esforços para compensar o ponto de largada de cada pessoa", ilustra.

Com informações da Assessoria de Imprensa