PUBLICIDADE

Mulher é morta com tiro na nuca na frente dos filhos

Os policiais a identificaram pelo nome de Simone Aparecida Nunes de Moraes. O corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal

Crime aconteceu na noite desta quarta-feira (8), na Rua Salvador de Mendonça, em Nova Rússia
Crime aconteceu na noite desta quarta-feira (8), na Rua Salvador de Mendonça, em Nova Rússia -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Os policiais a identificaram pelo nome de Simone Aparecida Nunes de Moraes. O corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal

Uma mulher de 48 anos morreu na noite desta quarta-feira (6), na Rua Salvador de Mendonça, no Bairro Nova Rússia, em Ponta Grossa. Ela foi surpreendida num beco por três homens. Um deles esperou ela virar de costa e a atingiu na nuca. Vizinhos acionaram o Serviço de Atendimento Médico de Urgência e o Corpo de Bombeiros. A Polícia Militar também foi acionada.

Até o momento são poucas as informações em relação ao assassinato. Pessoas ouvidas pela PM e pelo Portal aRede relatam que a vítima estava em casa quando foi chamada para fora, pelos três suspeitos. Ela conversou com os criminosos e se virou para retornar à residência. Neste momento recebeu o tiro. Os bandidos fugiram a pé.

O crime foi cometido na frente dos filhos da mulher. Os policiais a identificaram pelo nome de Simone Aparecida Nunes de Moraes. O corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal e deve ser liberado durante à madrugada desta quinta-feira (7), à família, para velório e sepultamento. Até o momento ninguém foi preso. Ela tinha 10 filhos. Um deles morreu em confronto com a polícia, anos atrás.

Este foi o segundo assassinato ocorrido em Ponta Grossa, na quarta-feira (6). No final da manhã, um desconhecido invadiu um hotel localizado à Rua Tenente Pinto Duarte, no Quadrilátero Histórico, e matou com vários tiros Brian Lucas, 25 anos. A PM encontrou o corpo ao lado cama, num dos quartos. AS motivações do homicídio são desconhecidas até o momento. Toda essa região da área central é vigiada por câmeras e os policiais analisam imagens para tentar identificar o autor.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE