PUBLICIDADE

Professor 'China' Malaquias morre neste domingo em PG

Ex-jogador de futsal e professor de educação física tinha 40 anos e sofreu uma parada cardíaca

Ex-jogador de futsal e professor de educação física tinha 41 anos e sofreu uma parada cardíaca
Ex-jogador de futsal e professor de educação física tinha 41 anos e sofreu uma parada cardíaca -

Sebastião Neto

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Em pleno Dia dos Pais, uma tragédia deixa o esporte de Ponta Grossa em luto neste domingo (14). Foi confirmada no início da tarde a morte do professor de educação física e ex-jogador de futsal Carlos Eduardo Malaquias, o 'China', aos 40 anos; morador do Santa Paula, o profissional morreu após sofrer uma parada cardíaca. 'China' deixa esposa e dois filhos; ainda não há informações sobre o velório e sepultamento de um dos ídolos da história da modalidade no município.

De acordo com testemunhas, Carlos Eduardo passou mal nesta manhã, durante um torneio amador de futebol suíço realizado em um colégio da cidade. Ele teria pedido para ser substituído e permaneceu um tempo sentado; quando estava saindo do local, sofreu a parada cardíaca e chegou a ser atendido por pessoas que estavam no local e também por equipes do SAMU, mas apesar das tentativas de reanimação, 'China' não resistiu.

Trajetória

Jogador de futsal desde os primeiros anos de vida, 'China' atuou por diversas equipes de Ponta Grossa e conquistou os títulos das Chaves Bronze e Prata do Campeonato Paranaense, além de participações de destaque na Chave Ouro com Clube Verde, Guarani e Santa Paula. Quando parou de jogar, o ponta-grossense se tornou professor em equipes de futsal de base e também dava aulas na rede municipal de ensino em Ponta Grossa; ele também teve experiências no comando de equipes adultas no futsal feminino e masculino.

Para além do esporte, Carlos Eduardo é filho do ex-vereador Nereu Malaquias, que também faleceu em 2022 por conta de um infarto: Nereu chegou a ser internado na Santa Casa após o mau súbito, mas morreu no dia 20 de fevereiro deste ano. Seguindo os passos do pai, 'China' chegou a ser candidato à Câmara Municipal em 2020 e foi eleito 1º suplente na chapa que reelegeu o vereador Pastor Ezequiel.

Conteúdo de marca

Quero divulgar right