PUBLICIDADE

Instituições de PG e região recebem mais de R$ 1 mi para projetos

Verbas são oriundas do 'Fundo da Criança e do Adolescente' e serão destinadas a ações de fortalecimento de vínculos

Prefeita de Ponta Grossa, Elizabeth Silveira Schmidt (PSD), e lideranças que receberam os recursos do Estado
Prefeita de Ponta Grossa, Elizabeth Silveira Schmidt (PSD), e lideranças que receberam os recursos do Estado -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Nesta quarta-feira (28), sete instituições dos Campos Gerais receberam recursos financeiros que somam R$ 1,2 milhão. As verbas, oriundas do 'Fundo da Criança e do Adolescente', serão destinadas a ações de fortalecimento de vínculos, musicalização e compras de material de expediente e aquisição de um veículo. Ao todo, oito termos de fomento foram entregues pelo secretário da Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf) do Paraná, Rogério Carboni.

“Fazemos questão de estar próximo a essas instituições, conhecer de perto o trabalho desenvolvido por elas”, afirmou o secretário. “O trabalho das Organizações da Sociedade Civil (OSC) é maravilhoso e essencial para que possamos melhorar os cuidados com as nossas crianças e adolescentes”, complementou.

Em Ponta Grossa, três instituições foram beneficiadas. A Aldeia Espírita Da Criança Dr. David Federmann recebeu R$ 199.763,66, destinados para o projeto “Educando Emoções: Uma proposta de autocuidado e promoção para a paz”. Já a instituição Esperança Cidade dos Meninos teve acesso a um termo de fomento de R$ 199.848,75, destinado para o projeto “Semeando Esperança: práticas de educação ambiental visando o fortalecimento de vínculos familiares e sociais”. A terceira beneficiada foi a Escola de Guardas Mirins Tenente Antônio João, que recebeu R$ 199.274,40 para aplicar no projeto “Luz Sustentável”.

Alcides José Madalozzo, presidente do Instituto Educacional Duque de Caxias, que concentra as três instituições beneficiadas em Ponta Grossa, afirmou que a atuação junto a este público tem um potencial de transformação para a sociedade. “Estamos aqui trabalhando para que essas crianças tenham uma vida melhor e façam nosso Estado um lugar melhor. Sabemos da nossa missão e queremos desenvolver da melhor forma possível”, explicou.

Região

No Município de Prudentópolis, mais três termos de fomento foram assinados. Um deles, de R$ 199 mil, foi destinado para a aquisição de uma van para o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) Semear. Outro termo, de R$ 75.437,14, viabilizará a adequação de Salas de Estudo para o Acolhimento Institucional de Prudentópolis. Por fim, o terceiro repasse foi de R$ 120 mil para a APAE do Município, para aplicação em treinamento e ações esportivas em contraturno escolar.

Miriam dos Santos Marconato, presidente da APAE de Prudentópolis, destacou a dedicação de todos os envolvidos em prol das crianças e adolescentes atendidos na instituição. “Temos essa missão e a executamos com amor, carinho e respeito. Esse recurso vai nos ajudar muito para a implantação das aulas de esporte. Temos aqui o aluno com síndrome down mais veloz do Estado e queremos que outros também possam ter acesso a essas atividades”, relatou a professora.

Os dois termos restantes foram entregues nos municípios de Teixeira Soares e Rebouças. O primeiro, de R$ 80 mil, atenderá ao projeto “Música em Ação”, da instituição Corrente do Bem. Já o segundo, para o Centro de Treinamento de Adolescentes de Rebouças, possibilita um investimento de R$ 142.867,20 no projeto “Transformando a Realidade – Aperfeiçoando e Melhorando”. 

André Solda, presidente da instituição, enalteceu o repasse. “Atuamos há mais de 35 anos e esta é a primeira vez que recebemos um representante do poder público, o que é motivo de muito orgulho para nós”, celebrou.

Com informações: assessoria de imprensa.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE