PUBLICIDADE

Padre faz pronunciamento sobre publicação de carta

Luis Cesar de Oliveira, da Copiosa Redenção, afirma que em nenhum momento disse que ‘quem votasse no Lula iria para o inferno”

Padre Luis Cesar de Oliveira, da Copiosa Redenção, diz que carta foi reproduzida fora de contexto
Padre Luis Cesar de Oliveira, da Copiosa Redenção, diz que carta foi reproduzida fora de contexto -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Em manifestação encaminhada no início da noite desta quarta-feira (19), à Redação do Portal aRede e do Jornal da Manhã, o padre Luis Cesar de Oliveira, da Copiosa Redenção, e a advogada Dayane Leticia da Costase posicionaram em relação à publicação feita pelo portal, na tarde desta quarta-feira (19).

Segue nota oficial do Padre Luís Cesar de Oliveira e da advogada Dayane Leticia da Costa , encaminhada ao Portal aRede

Luís Cesar é um sacerdote consagrado a vida religiosa. A carta exposta trata-se de uma reflexão sobre a ausência da religião na vida das pessoas e as consequências negativas que isso pode trazer a longo prazo. Ele exprimiu sua opinião particular num seleto grupo em formação de leigos e religiosos de sua Congregação, até porque vivemos num estado democrático e o Padre tem ciência do momento sensível que estamos passando. Jamais acreditou que se tornaria público e fora de contexto, caso fosse algo para se tornar público teria sido publicado nas redes sociais, no aplicativo e no site oficial da Copiosa Redenção.  Segue nota oficial do Padre Luís Cesar de Oliveira:

“Esta carta eu escrevi para os meus familiares e publiquei no grupo de WhatsApp da minha família e dos Leigos Consagrados da Copiosa Redenção no dia 14 de outubro de 2022. Ela representa somente o meu pensamento particular, e não desejei com essa mensagem representar o pensamento oficial da Igreja Católica, da CNBB, da Diocese de Ponta Grossa e da Congregação da Copiosa Redenção. Esta carta tinha o condão de uma reflexão para os leigos e religiosos que estão em estudo neste grupo de WhatsApp, tendo em vista que a publicação feita no Facebook pela Comunidade Imaculada Conceição-PG foi feita sem o meu conhecimento e consentimento. A consequência dessa publicação foi uma exposição descontextualizada, gerando uma reportagem com um título que não condiz com o conteúdo que eu gostaria de transmitir: “Quem votar no Lula vai para o inferno”. Em nenhum momento eu faço essa afirmação na carta, mas digo que, futuramente pode haver uma descristianização do Brasil. O futuro do mundo sem a religião cristã, na minha opinião, desenvolve uma sociedade sempre mais propensa para os antivalores humanos e para o pecado. Quando digo que o Brasil caminha para o inferno, coloco no sentido figurado de que o país caminha para a falta de fé e dos valores cristãos. Por fim, como sacerdote católico, deixo claro a minha preocupação com a salvação das almas”.

Pe. Luis Cesar de Oliveira Cr.

Dayane Leticia da Costa - Advogada

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE