PUBLICIDADE

Reitor é hostilizado e se manifesta nas redes sociais

Na imagem compartilhada pelo professor, obra literária de sua autoria é vandalizada com ofensas políticas e pessoais

A situação foi relatada pelo próprio professor pelas redes sociais neste domingo (6)
A situação foi relatada pelo próprio professor pelas redes sociais neste domingo (6) -

Sebastião Neto

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

O escritor e reitor da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Miguel Sanches Neto, foi alvo de ofensas políticas e pessoais neste final de semana na cidade. A situação foi relatada pelo próprio professor pelas redes sociais neste domingo (6). "Num expositor de um tradicional supermercado de Ponta Grossa, meus livros sofreram com o vandalismo dos que defendem Deus, família e xingamentos #censuranão", disse Sanches Neto.

Na imagem compartilhada pelo professor, a obra 'Muitas Margens - sete dias na rodovia' aparece riscada com as frases "PT Lazarento" e "porco filho da p#%a". As obras são compartilhadas gratuitamente pelo projeto 'Pegaí', que disponibiliza livros para empréstimo em diversos pontos da cidade; voluntárias do projeto, inclusive, se manifestaram após a publicação de Miguel Sanches Neto.

"Sou voluntária do Pegaí, inacreditável a ignorância! Tristeza! Algumas pessoas ainda vivem no tempo da Inquisição", disse nos comentários. "Minha solidariedade, magnífico Reitor. Que possamos, pela educação, construir novos valores para uma sociedade", comentou outro seguidor.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE