PUBLICIDADE

Ruas do Parque dos Sabiás começam a receber asfalto novo

Obras de pavimentação fazem parte do 'Programa Asfalto Novo'; investimento é de aproximadamente R$ 2 milhões

Pavimentação contemplará oito trechos do local, que fica na região do Cará-Cará
Pavimentação contemplará oito trechos do local, que fica na região do Cará-Cará -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG) iniciou, nos últimos dias, a aplicação de capa asfáltica em ruas do Parque dos Sabiás, no Cará-Cará. A medida faz parte das ações do 'Programa Asfalto Novo' na região. O investimento é de aproximadamente R$ 2 milhões e compreende, ao todo, a pavimentação de oito trechos no local. 

“A realização dessas obras é muito importante para a comunidade e mais um compromisso da Prefeitura que vem sendo cumprido e trará muitos benefícios, incluindo no deslocamento entre o Pimentel e o Parque dos Sabiás, que será feito de maneira muito mais rápida e segura agora que estamos finalizando a pavimentação da rua Maria Senger Schwab, via que liga os dois locais”, destaca a prefeita Elizabeth Schmidt (PSD).

De acordo com o secretário da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Planejamento (SMIP), Henrique do Vale, os investimentos em pavimentação no Parque dos Sabiás fazem parte de um pacote de ampliação de infraestrutura em toda a região do bairro Cará-Cará. “As obras de pavimentação no Parque dos Sabiás integram os esforços da Prefeitura dedicados a ampliação da infraestrutura e da mobilidade em todo o bairro Cará-Cará, que já conta com diversas frentes de trabalho. Além das iniciativas em andamento, seguimos buscando mais recursos e desenvolvendo projetos que impactem de maneira positiva na vida de toda a população que vive não só na região, mas em todo o Município”, aponta.

Para Alfredina Correia de Lima, a chegada do asfalto na rua em que vive acaba com uma espera de mais de seis anos. “Nós aqui tomamos a frente, pedimos o asfalto e a prefeita atendeu a nossa reivindicação. Tenho nove crianças morando comigo e nós saímos bastante. É sempre uma dificuldade, sabe. Trabalho com recicláveis e quebrei muitas vezes meu carro. Em dias de chuva, isso aqui virava um mar. A água invadia tudo, pois a única manilha que tinha entupia e daí ninguém passava. Hoje em dia, ninguém mais passa esse tipo de coisa aqui”, conta.

Com informações: assessoria de imprensa PMPG.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE