PUBLICIDADE

Indústrias de Ponta Grossa geram R$ 7,6 bi em riquezas

Valor adicionado do setor aumentou R$ 1,17 bilhão em 2021, crescendo 18,11% em um ano. Cidade mantém status de maior parque industrial do interior, com R$ 3 bi de vantagem sobre 2ª colocada

Mais de 60% do PIB da cidade de Ponta Grossa é gerado pelo setor industrial
Mais de 60% do PIB da cidade de Ponta Grossa é gerado pelo setor industrial -

Fernando Rogala

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

As indústrias de Ponta Grossa ampliaram, no decorrer de 2021, a geração de riquezas no município. Números revelados pela Secretaria de Estado da Fazenda apontam que o Valor Adicionado (VA) da indústria no município alcançou R$ 7,67 bilhões no ano passado, montante 18,11% na comparação com o registrado em 2020. Em valores, o crescimento nominal foi de R$ 1,17 bilhão. Cabe destacar que apesar de 2020 ter sido um ano marcado pela covid, o Valor Adicionado da Indústria na cidade alcançou R$ 6,49 bilhões, valor que foi 12,76% superior que os R$ 5,76 bilhões de 2019. Isso significa que, nos dois anos mais impactados pelo coronavírus, o setor industrial teve uma alta nominal de 33,19% na cidade.

Essa evolução da indústria puxou para cima o Valor Adicionado total do município, como informa o secretário municipal da Fazenda Cláudio Grokoviski. “O Valor Adicionado total do Município foi de 10,7 bilhões de 2020 para 12,5 bilhões em 2021, com crescimento de 17,68% o que fez com que a projeção de transferência de ICMS para 2023 ficasse na casa de R$ 244 milhões”, disse o secretário, ressaltando que o VA é calculado a partir da diferença entre as vendas brutas e o total dos insumos ou adquiridos por terceiros.

Conforme os detalhes revelados pela Secretaria da Fazenda, esse VA foi alcançado junto às 1.322 indústrias registradas na cidade. É um valor que também cresceu, na casa dos 14%, frente às 1.160 indústrias existentes no município até o fim de 2010, mostrando que 162 novos estabelecimentos do setor foram abertos em um ano. “Hoje, se considerar o VA total, de R$ 12,5 bilhões, identificamos claramente que o PIB do município está na indústria, representando mais de 60% do VA de Ponta Grossa”, informou Grokoviski. O comércio atingiu um VA de R$ 3,54 bilhões em 2021 e a produção primária totalizou R$ 663 milhões. 

LÍDER DO INTERIOR

Os valores mantêm Ponta Grossa como a cidade com o maior Valor Adicionado da indústria do interior do Paraná, sendo a quarta do Estado - o maior VA da indústria paranaense é de Araucária, de R$ 36,6 bilhões, grande parte referente à Petrobras, seguida por Curitiba (16,2 bilhões) e São José dos Pinhais (12,3 bilhões). Depois de Ponta Grossa, é de Ortigueira o maior Valor Adicionado da indústria no interior do Paraná, com um valor R$ 3 bilhões em Ponta Grossa, totalizando R$ 4,63 bilhões, seguida por Maringá, com R$ 4,52 bilhões ao final de 2021. Depois aparece Telêmaco Borba, com R$ 3,67 bilhões; Londrina, com R$ 3,26 bilhões; e Cascavel, com R$ 2,96 bilhões.

José Loureiro, secretário municipal de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, destaca que a Prefeitura atua forte na atração de investimentos e na qualificação de mão de obra para a recente demanda das empresas já consolidadas e nas novas que virão a se instalar. “O poder público trabalha para manter Ponta Grossa como uma escolha interessante para futuros investidores”.

Indústrias serão premiadas no ‘40+’

Tendo em vista toda a importância do setor industrial para a economia do município, a Prefeitura de Ponta Grossa realiza a terceira edição da premiação ‘40+’, um reconhecimento do poder público para as empresas que mais contribuem para o desenvolvimento local. A premiação lista as empresas com maior participação no PIB do município, bem como no recolhimento de receitas próprias, sendo o Valor Adicionado o principal indicativo na formação do Índice de Participação no ICMS. Serão premiadas as 10 primeiras empresas geradoras de Valor Adicionado total na Indústria, Comércio e Serviços tributados pelo ICMS, além também das 10 maiores contribuintes do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza. Ainda receberão reconhecimento, neste ano, as empresas que contribuíram com investimentos na Assistência Social e na Inovação em Ponta Grossa

Para a prefeita Elizabeth Schmidt, o Prêmio 40+ prestigia as empresas que mais se destacaram nos últimos anos, considerando um mérito ainda maior devido ao período da pandemia da covid-19. “Tivemos um momento bem difícil, em que todos os setores produtivos empresariais foram impactados de maneira negativa. Em virtude disso, esta edição tem um motivo especial para acontecer, pois vencemos a pandemia e retomamos o rumo do crescimento e estas empresas são referência”.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE