PUBLICIDADE

Cartão PG + Humana atende mais de 2.500 famílias em seu 1º mês

Ao todo, mais de 462 mil reais em crédito já foram liberados para os munícipes realizarem compras nas unidades do Mercado da Família

A ferramenta disponibiliza crédito aos munícipes em situação de vulnerabilidade nas lojas do Mercado da Família, ao invés da entrega de cestas básicas
A ferramenta disponibiliza crédito aos munícipes em situação de vulnerabilidade nas lojas do Mercado da Família, ao invés da entrega de cestas básicas -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

O programa Cartão PG + Humana já atendeu mais de 2.500 famílias desde o seu lançamento, em dezembro do ano passado. Ao todo, mais de 462 mil reais em crédito já foram liberados para os munícipes realizarem compras nas unidades do Mercado da Família.

O cartão é resultado de uma ação coordenada entre a Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento e a Fundação Municipal de Assistência Social. “Sabemos o quanto é fundamental oferecer auxílio aos mais necessitados do nosso município e queremos atendê-los com agilidade e segurança. O levantamento de pessoas atendidas em apenas um mês de funcionamento do Cartão PG + Humana mostra o quanto está sendo significativo o nosso investimento, resultado da eficiência da nossa equipe”, avalia a prefeita Elizabeth Schmidt.

A ferramenta disponibiliza crédito aos munícipes em situação de vulnerabilidade nas lojas do Mercado da Família, ao invés da entrega de cestas básicas. “As famílias, que antes recebiam apenas alimentos não perecíveis, agora podem comprar derivados de leite, frios, produto de higiene e até carne. Com isso, o cidadão tem autonomia para escolher o produto que está faltando em sua residência naquele momento”, conta o secretário municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Bruno Costa.

A presidente da FASPG, Vinya Mara Anderes Dzievieski de Oliveira, explica que para conceder aos benefícios, são avaliados alguns critérios. “Os cidadãos devem estar em situação de vulnerabilidade e risco social, tendo obrigatoriedade de residir há mais de seis meses no município; ser inscrito no Cadastro Único (Cadúnico); comprovar renda familiar inferior a meio salário mínimo (R$ 606) por pessoa e passar por uma análise técnica realizada pelo profissional da unidade responsável pela concessão”, diz.

Atendimento

Os munícipes devem ficar atentos com os prazos. O início do atendimento para o benefício PG + Humana agora em 2023 acontecerá a partir do dia 30 de janeiro. Para obter o cartão PG + Humana, interessados devem procurar o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) próximo da sua casa. O benefício consiste na liberação de crédito no valor de 15% do salário mínimo nacional (R$ 181,80), para ser utilizado na compra de alimentos junto às unidades do Mercado da Família. A compra deve ser realizada no valor integral em apenas uma oportunidade no mês.

Com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE