PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Folclore brasileiro proporciona amplas atividades em Carambeí

Vamos Ler Registro

03 de setembro de 2021 16:39

Dhiego Tchmolo


Relacionadas

Geometria dinâmica aplicada em Castro diverte turma

Folclore é base para estudo matemático em Castro

Folclore brasileiro proporciona amplas atividades em Carambeí

Imersão na fauna aquática marca trabalho no CAIC de PG
Araucárias rendem trabalhos artísticos no Sagrada Família
Alunos de Carambeí realizam homenagens no Dia dos Pais
Festas juninas unem escolas municipais de Carambeí
PUBLICIDADE

Quinto ano C da Escola Fátima Augusta Bosa, nas aulas de Arte em agosto, trouxe amplo repertório de estudos culturais, históricos e produções acerca da temática

Durante as aulas de Arte do mês de agosto, os alunos do 5º ano C da Escola Municipal Professora Fátima Augusta Bosa, em Carambeí, puderam estudar sobre o folclore. A professora da disciplina, Mafalda Fernandes Marcondes, dá os detalhes que embasaram um amplo trabalho que contou com registro dos alunos em fotos e vídeos, além de ampla abrangência acerca da temática.

“O Brasil é um país imenso com tantas influências e tradições, que faz com que nosso folclore seja riquíssimo. Iniciamos relembrando o conceito e compreensão do folclore, como é o saber popular que se valoriza e que se perpetua. Foi o tempo para avaliarmos nossas tradições, compará-las entre nós e trazer histórias familiares. Os alunos participaram ativamente com suas histórias familiares, o que enriqueceu grandemente as aulas”, aponta a docente.

A educadora explica que o interesse pelo conhecimento, crença e costume popular permite conhecer a identidade cultural, além do enriquecimento por elementos que “deram origem ao modo de pensar, sentir e agir de nosso povo”. Outro ponto destacado por Mafalda foi que o folclore nacional conta com atributos das culturas portuguesas, africanas e indígenas. Ainda, houve a conversa sobre provérbios, cantigas e lendas – estes, nos costumes e crenças populares – além das brincadeiras, danças e comidas típicas que incorporam esse contexto.

“O folclore é a base cultural que caracteriza o modo de vida de grupos sociais distintos, passando de geração para geração, os valores e tradições acumulados pelo tempo. Como na nossa região a presença indígena é marcante, nos detivemos um pouco mais nas lendas indígenas de nossa região: da Gralha Azul, da Araucária, da Erva Mate e do João de Barro”, complementa a professora.

Ainda, houve o estudo dos dizeres populares, frases passadas de geração em geração, que estão presentes no cotidiano das pessoas, expressando algum conhecimento. “Estudar sobre o folclore do Paraná desperta nos alunos uma curiosidade genuína sobre a história da nossa região. Os alunos participaram ativamente nas aulas, fizemos desenhos e atividades voltadas para o tema. Também, montamos um painel sobre o folclore na entrada da escola, com desenhos feitos pelos alunos, imagens de brincadeiras folclóricas e alguns brinquedos antigos”, conclui a docente.

Acesse o blog escolar da Escola Fátima Augusta Bosa clicando aqui.

PUBLICIDADE

Recomendados