PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Curiosidade e diversão rondam estudo das estações em Castro

Vamos Ler Registro

23 de setembro de 2021 19:42

Dhiego Tchmolo


Relacionadas

Turma de Carambeí comemora Dia Mundial das Aves

Investigação sobre direitos dos animais ocorre no CAIC de PG

Dia da Árvore tem 'intercâmbio' de conhecimento em Irati

Alunos criam 'remédio' contra a falta de respeito em Castro
Trânsito e transporte são temas de trabalho em Ponta Grossa
Dia da Árvore em Fernandes Pinheiro tem amplas ações
Curiosidade e diversão rondam estudo das estações em Castro
PUBLICIDADE

Alunos do 5º ano B da Escola Doutor Jahyr Lopes puderam, de maneira lúdica e com interesse sobre a chegada da primavera, trabalhar tema de forma aprofundada

A primavera chegou nessa quarta-feira (22) e o 5º ano B da Escola Municipal Doutor Jahyr Lopes, em Castro, não deixou a data passar em branco. Sob coordenação da professora Geisy Souza, que destaca os principais aspectos do trabalho, a turma pôde trabalhar sobre as estações do ano e vários aspectos correlatos com o tema.

“Ao iniciar o mês da primavera, estação do ano mais colorida, não podíamos deixar de trabalhar em sala de aula esse clima gostoso que está no ar. Para iniciar nossa semana, iniciamos falando sobre as quatro estação do ano. Mas, afinal: como elas acontecem? Despertando a curiosidade dos alunos, iniciei a semana trabalhando a letra da música ‘As Quatro Estação’, de Sandy e Junior”, destaca a docente.

A educadora pontua que os alunos reconheceram, na canção, a escrita das palavras que apresentam as estação do ano. Assim, com o uso do dicionário, Geisy explica que proporcionou aos alunos conhecerem significados de palavras que ainda não conheciam, como ‘quimera’.

“Dando continuidade à aula, os alunos observaram no globo terrestre a inclinação do planeta Terra e perceberam os hemisférios que recebem luz e calor, associando a cada uma das estações. Com o uso do mapa-múndi, visualizamos os paralelos e meridianos presentes para a localização em um espaço. Finalizamos a atividade falando sobre o solstício de verão e suas características”, explica a professora.

Para complementar, a docente cita que o que mais chamou a atenção das crianças nas atividades foram as linhas imaginárias em uma bexiga, entendendo melhor o assunto de maneira divertida.

“Fiquei encantada com o entusiasmo e interesse dos alunos pelo assunto, pois recebi relatos e fotos dos pais falando que as crianças estavam pesquisando e lendo em casa sobre o que foi trabalhado na sala. A aluna Maria Clara demonstrou muita curiosidade e empolgação, que pediu a professora para fazer uma selfie com o globo terrestre para mostrar a sua mãe. É gratificante quando alcançamos o comprometimento e interesse das crianças pelo que estamos apresentando em sala de aula”, conclui Geisy.

Acesse o blog escolar da Escola Doutor Jahyr Lopes clicando aqui.

PUBLICIDADE

Recomendados