Turma de Carambeí comemora Dia Mundial das Aves

Ações na disciplina de Arte ocorreram junto ao 5º ano C da Escola Professora Fátima Augusta Bosa; produções e estudo marcaram trabalho

Registros mostram diferentes perspectivas acerca da temática
Registros mostram diferentes perspectivas acerca da temática -

Dhiego Tchmolo

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Ações na disciplina de Arte ocorreram junto ao 5º ano C da Escola Professora Fátima Augusta Bosa; produções e estudo marcaram trabalho

O Dia Mundial das Aves, comemorado em 5 de outubro, foi destaque na disciplina de Arte no 5º ano C da Escola Municipal Professora Fátima Augusta Bosa em Carambeí. A professora Mafalda Fernandes Marcondes destaca os principais aspectos trabalhados em sala de aula, contextualizando com a história por detrás desta data comemorativa.

“Durante as aulas de Arte, no início do mês de outubro, novamente abordamos durante nossas aulas o tema do ambiente. As áreas de conhecimento estão interligadas: mesmo sendo o componente curricular de Arte, é possível propiciar um ambiente propicio para a reflexão quanto aos temas ambientais. Agora foram as aves que nos trouxeram o tema para nossas aulas”, aponta a docente.

A educadora contextualiza: o Dia Mundial das Aves é comemorado no dia 5 de outubro e um decreto do presidente Fernando Henrique Cardoso em 20202, manteve a data e definiu o sábia como ave nacional do Brasil. Na sequência, os alunos vieram uma reportagem sobre o sabiá-laranjeira, saindo para ouvir os pássaros na quadra da escola. Com a instituição no final de uma rua e próximo a uma mata, observam-se vários pássaros na região.

“Levantamos questões como: precisamos proteger as aves contra os caçadores, que fazem das caçadas um motivo de esporte ou que, por ignorância, matam as aves aos milhares para consumo e comercialização, sem compreenderem que estão tornando mais difícil e mais triste a vida das novas gerações”, pontua a educadora. Outro ponto citado foi a importância das espécies para o equilíbrio ecológico, sua beleza com a plumagem e o canto. Em complemento, Mafalda explana que as aves são amigas da humanidade, onde há o dever de proteger e amá-las, evitando que despareçam através da manutenção de seu ambiente natural.

“Vimos também o tema ‘Os Pássaros na Arte Brasileira’, onde ficou evidente que por sua beleza e sua graças, pelas cores deslumbrantes de suas penas, pela delicadeza de seu canto, os pássaros sempre foram tema de inspiração dos artistas. Poetas, compositores e escultores celebraram e celebram as aves”, cita a professora.

O estudo ainda percorrer a vida e obra de Aldemir Martins, pintor brasileiro, que sempre mostrou interesse pela arte, expressando através de desenhos lúdicos. Após viagens pelo mundo e dezenas de prêmios acumulados, destacou-se como o Melhor Pintor Internacional em um festival de Veneza em 1956, considerado o auge de sua carreira. Para fechar, a docente cita um painel confeccionado na entrada da escola para chamar a atenção para o tema, com desenhos, fotos e vídeos sobre o tema.

“Como em nossas aulas de Arte, os alunos não produzem textos, produzimos através de nossa linguagem das artes visuais: desenhos para o registro do tema. Os alunos ficaram empolgados ao poder contar suas histórias sobre os pássaros e, é claro, que tivemos as famosas histórias sobre os papagaios. É necessário conhecer as questões ambientais complexas das realidades que nos cercam, conhecendo nosso papel de agente modificador da realidade e contribuir para o desenvolvimento de formas de agir, ser e estar no mundo. A partir da observação do meio e do debate sobre as questões ambientais de nossos tempos, essa proposta de aula de Arte buscou estimular o pensamento para construção de futuros possíveis, a favor da vida e exercício da cidadania responsável”, conclui a educadora.

Acesse o blog escolar da Escola Fátima Augusta Bosa clicando aqui.

Conteúdo de marca

Quero divulgar right