‘Chuva de pedras’ é tema de entrevistas em 4º ano

Vamos Ler

22 de outubro de 2019 12:30

Dhiego Tchmolo


Relacionadas

‘Trabajos voluntarios’ movimentam turma na quarentena

Turma de Tibagi homenageia profissionais de saúde

Causos são gravados e compartilhados em PG

Professoras enviam cartas para alunos durante a pandemia
‘Exterminadores da Dengue’ atuam em Carambeí
Pinturas rupestre levam 4º ano A por viagem histórica
Atividades mostram a alunos a importância do combate às drogas
PUBLICIDADE

Turma da Escola Professora Theresa Gaertner Seifarth abordou a forte ação climática que atingiu Carambeí em setembro

As fortes chuvas que ocorreram no dia 18 de setembro em Carambeí foram destaques no 4º ano B da Escola Municipal Professora Theresa Gaertner Seifarth. A professora da turma, Marcia Hornes, dá os principais destaques da atuação da turma, que fizeram entrevistas abordando o tema.

“No dia 18 de setembro, Carambeí foi atingida por uma chuva de granizo que durou cerca de quatro minutos, o suficiente para danificar 2,3 mil residências, segundo laudo da Defesa Civil. Nosso bairro, Jardim Brasília, onde está a nossa escola, foi o mais atingido, com 232 casas avariadas, sem falar dos carros que foram ‘pipocados’ com pedras maiores que ovos”, aponta a docente.

A escola, elenca Marcia, também foi atingida, perdendo o telhado - o que deixou os alunos muito tocados, pois alguns perderam tudo. Assim, semanas se passaram com o assunto sendo o mesmo: a chuva de pedra. Para deixar a situação não ser apenas uma tragédia, a turma passou a olhar os acontecimentos com novos olhos. Buscou-se, então, informações climáticas, estatísticas, relatos e experiências.

“Também, conversamos com moradores, funcionários e alunos. Fizemos algumas entrevistas que enriqueceram nossas aulas. No fim, a gente tirou algumas lições: a natureza é mais forte que todos nós juntos; ela merece respeito, ser cuidada; que, quando destruímos a natureza, destruímos nós mesmos; também concluímos que o planeta Terra vai sempre existir. O que vai acabar é o ser humano. E, ainda: a natureza está dando o troco”, conclui a docente.

Confira os vídeos completos no blog escolar da Escola Professora Theresa Gaertner Seifarth. Clique aqui.

PUBLICIDADE

Recomendados