Dia da Síndrome de Down é destaque em turmas de Castro

Vamos Ler

24 de março de 2020 16:50

Dhiego Tchmolo


Relacionadas

Turma de Tibagi homenageia profissionais de saúde

Causos são gravados e compartilhados em PG

Professoras enviam cartas para alunos durante a pandemia

‘Exterminadores da Dengue’ atuam em Carambeí
Pinturas rupestre levam 4º ano A por viagem histórica
Atividades mostram a alunos a importância do combate às drogas
Gincana promove interação familiar em Jaguariaíva
PUBLICIDADE

Quintos anos A e B da Escola Professora Dalila Ayres puderam desenvolver atividades com notícias e obra literária sobre o 21 de março

O Dia Internacional da Síndrome de Down é comemorado em 21 de março. Através disso, os alunos dos quintos anos A e B da Escola Municipal Professora Dalila Ayres em Castro, realizaram atividades voltadas à data comemorativa através do tema: ‘Nós Decidimos’. Quem relata a experiência é o professora Leandro Ribeiro de Lima.

“Durante as atividades realizadas no dia 18 de março, as turmas dos quintos anos A e B, sob supervisão do professor Leandro junto com a professora Zélia Catherine Mara, os alunos trabalharam com o tema ‘Nós Decidimos’, com o objetivo de conscientizar os alunos que todos nós somos diferentes uns dos outros e, por esses motivos, somos todos especiais e que temos o direito de construir nossa própria história”, elenca o professor.

O desenvolvimento do tema ocorreu na aula de Língua Portuguesa. Para contribuir com o estudo, os docentes utilizaram matérias de um portal de notícias (R7), além do livro de literatura ‘Meu amigo down na escola’. O primeiro momento, conta Leandro, foi no início da aula comentando sobre as diferenças entre as pessoas.

“Uns são mais baixos; outros, mais altos; uns mais gordos; outros, mais magros, dentro outras perguntas. Em seguida, foi apresentado o vídeo ‘Lea vai para a Escola’, uma garotinha que tem síndrome de Down e queria ser tratada como uma pessoal normal, sem limitação”, diz o educador. O segundo momento ocorreu após comentários sobre o vídeo e a posterior leitura da obra literária citada pelo professor, com grupos no cantinho da leitura e exposição na TV.

“Feito a leitura, desenvolvemos uma interpretação oral com os alunos, onde os mesmos discutiram o tema e opinaram a respeito da importância das diferenças que a mesma tornam-nos únicos e especiais, e que todos têm os mesmos direitos na sociedade e no mundo. Posteriormente, a reportagem feia pelo R7 ajudou a compreender mais sobre o assunto e na elaboração dos cartazes em prol do dia 21 de março que é considerado o Dia Internacional da Síndrome de Down”, complementa Leandro.

A reportagem, finaliza o educador, abordou assuntos como o preconceito na escola e na sociedade; além de conceitos básicos sobre a Síndrome de Klinefelter e a Síndroma de Turner. “As atividades envolveram todos os alunos, levando-os a compreender mais sobre as nossas diferenças e que só acreditar em nós mesmos que conseguimos viajar ao mundo, sendo por contra própria ou pelo mundo da imaginação. E que, através da leitura, ganhamos um dos bens mais preciosos: o conhecimento”, conclui.

Confira a atividade completa no blog escolar da Escola Professora Dalila Ayres. Clique aqui.

PUBLICIDADE

Recomendados