Gincana promove interação familiar em Jaguariaíva

Vamos Ler

16 de abril de 2020 14:10

Dhiego Tchmolo


Relacionadas

Alunos de Tibagi exaltam alimentação no campo

Alunos registram belezas da zona rural de Tibagi

Escola de PG homenageia professores e funcionários

‘Dia das Crianças’ traz interação e diversão em Tibagi
Aluna de Tibagi grava música em homenagem a professora
Indígenas mestrandos na UEPG conversam com alunos de 7º ano
Nono ano desenvolve podcast sobre a Segunda Guerra Mundial
PUBLICIDADE

Projeto Família Ativa foi desenvolvido na Escola Prefeito Aristides Soares, tendo como objetivo o combate e conscientização contra a dengue. Professora do 5º ano elucida ações

A Escola Municipal Prefeito Aristides em Jaguariaíva desenvolveu uma gincana através do Projeto Família Ativa em março deste ano. O objetivo da dinâmica foi o combate a dengue, tema recorrente na instituição de ensino. A professora do 5º ano A, Neide Amara Silva dos Santos, comentou como ocorreram os processos.

“Como forma de continuidade ao projeto Dengue, n dia 12 de março, em sala de aula, foram elaborados convites para a ‘1ª Gincana da Família Ativa’, na escola. Logo após, trabalhou-se com a aula informatizado do projeto ‘Sem Fronteiras’, com a atividade ‘Família tudo de bom’ e ‘Foto de Família’, onde os alunos desenvolveram suas atividades, o qual o foco maior era a família e sua importância”, destaca a docente.

No dia 14 de março, sábado, ocorreu a gincana ‘Todos contra a Dengue’, com início às 8h na quadra da instituição de ensino. Neide elenca que o evento foi descontraído e com bastante aprendizagem, onde os filhos, pais e professores puderam se divertir e tomar consciência da necessidade do engajamento coletivo na luta contra a dengue no município.

“O evento teve como objetivo conscientizar crianças, jovens e adultos no combate ao mosquito Aedes aegypti, alterando sobre os riscos que a doença provoca na sociedade. A gincana teve seis provas com regulamento próprio, onde pais e filhos participaram e divertiram-se muito. Foram duas horas de jogos e brincadeiras relacionadas ao tema de combate a dengue. Ao final, os pais compartilharam um chá com pipoca com seus filhos e professores”, diz a educadora.

Jaguariaíva, explica a professora, tem ação diária da equipe de Controle de Endemias, que visita residência, buscando localizar focos e reservatórios da doença. Em março, foram visitados 8.124 imóveis, com 997 depósitos de água parada – principais criadouro do mosquito. No total, foram identificadas 1.326 lavaras do Aedes aegypti. Ainda, a fiscalização é contínua, “e não realizar as medidas de prevenção, como manter o quintal limpo é uma infração sanitária e um verdadeiro crime contra saúde da população”, conforme elenca Neide.

“Por este motivo, os proprietários que não mantêm seus quintais livres da presença do Aedes aegypti são notificados e podem responder processo administrativo. No presente momento o município não possui nenhum caso de dengue conformado. Foram notificadas duas suspeitas em 2020, sendo que uma foi descartada e outra se encontra sob análise. A melhor maneira de combater a dengue é tomando medidas de prevenção”, pontua.

Verificar recipientes abertos que possam armazenar água, recolha de entulhos, caixas e barris de água fechados com tampa adequada, garrafas guardada de cabeça para baixo, encher os pratos dos vasos de plantas até a borda, além de incentivar “seus vizinhos a fazer o mesmo e aproveita para colocar o papo em dia”, foram algumas das recomendações da educadora. “Temos que nos tornar soldados nesta guerra e não deixar de adotar os cuidados necessários todos os dias em casa, no trabalho ou na rua. Não deixe água parada”, complementa.

A professora faz um balanço de uma atividade muito boa e extremamente importante, um momento especial da família com seus filhos na escola. “A participação dos pais na vida de suas crianças é muito importante para o desenvolvimento social e educacional dos pequenos, devendo assim a escola caminhar junto com a família e a família junto com a escola para que o aprendizado aconteça de forma plena e em todos os âmbitos”.

E, conclui. “A família deve ser participativa, valorizando o seu filho sempre, porque ela é a melhor coisa que uma criança pode ter, sendo ela como for. O importante é o amor que existe entre todos os envolvidos”.

Confira todos os registros e o relato na íntegra no blog escolar da Escola Prefeito Aristides Soares. Clique aqui.

PUBLICIDADE

Recomendados