‘Buffet de frutas’ incentiva aprendizado do espanhol

Vamos Ler

16 de setembro de 2020 17:30

Dhiego Tchmolo


Relacionadas

Escola de PG homenageia professores e funcionários

‘Dia das Crianças’ traz interação e diversão em Tibagi

Aluna de Tibagi grava música em homenagem a professora

Indígenas mestrandos na UEPG conversam com alunos de 7º ano
Nono ano desenvolve podcast sobre a Segunda Guerra Mundial
Alunos estudam e tiram dúvidas sobre tipos de rochas
‘Dia da Árvore’ engaja trabalho de quintos anos em Tibagi
PUBLICIDADE

Prática ocorreu junto ao 2º ano da Escola Elo Sagrado de Carambeí, na disciplina do idioma. ‘Drive-thru’ permitiu que alunos aproveitassem a saborosa atividade

Misturar variadas disciplinas com conteúdos do cotidiano é uma missão que permite ampliar o conhecimento e gerar interesse por parte dos alunos. Na Escola Elo Sagrado de Carambeí isso é recorrente: o trabalho interdisciplinar, da Educação Infantil ao Ensino Fundamental II, traz a correlação de atividades e amplia a capacidade dos educadores trabalharem com suas turmas.

Foi essa a proposta que a professora Maria Isabel Eleuterio da Luz, que ministra a disciplina de Espanhol, propôs junto aos alunos do 2º ano. A atividade ‘Elo Merienda’ foi relatada pela docente. “Aprender um novo idioma praticando o vocabulário é muito mais divertido e a fixação mais eficaz. Pensando nisso, a professora de Espanhol da Escola Elo Sagrado, Maria Isabel, elaborou uma prática com a turma do 2º ano para os alunos exercitarem o vocabulário das frutas em língua espanhola”, destaca.

Segundo a educadora, o vocabulário “foi introduzido e motivado pela maestra Isa em sala de aula”, com os estudantes realizando atividades que englobaram a compreensão auditiva, a escrita e oralidade acerca do novo conteúdo. Assim, para trabalhar de forma eficaz, com pronúncia e fixação dos termos inéditos em outro idioma, a instituição de ensino ofereceu um buffet de frutas aos alunos. A experiência, complementa Maria Isabel, ocorreu através de um drive-thru.

“A atividade ocorreu da seguinte forma: os alunos foram até a escola em seus carros. Chegando à escola, a maestra os entregou um cardápio com as frutas em espanhol para que os alunos definissem sua ‘merienda’. O pedido era feito oralmente, pronunciando os nomes das frutas em espanhol”, explica a professora.

Para concluir, a docente explica que, ao receberem suas frutas, os estudantes agradeciam pelo recebimento e seguiam aproveitando e se deliciando com as ‘meriendas’, além de praticar o idioma. “É possível aprender espanhol de um jeito divertido e saboroso”, conclui Maria Isabel.

Confira a atividade completa no blog escolar da Escola Elo Sagrado. Clique aqui.

PUBLICIDADE

Recomendados