PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Docente destaca aplicação do Vamos Ler em 5º ano de Castro

Vamos Ler

14 de junho de 2021 14:01

Dhiego Tchmolo


Relacionadas

Projeto proporciona entrevistas com familiares em Jaguariaíva

Alunos de Irati transformam casas em cenários de histórias

Dia do Imigrante propicia estudos 'juninos' em Carambeí

Aspectos matemáticos são temas de aula remota em Irati
Videoaula do Vamos Ler explica sobre o mundo das bactérias
Homenagem a profissionais de saúde marca os 114 anos de Irati
Aula com o JM em Jaguariaíva aborda violência no trânsito
PUBLICIDADE

Incentivo à leitura, temas como a covid-19 e entrevista com a diretora foram abordados na turma da Escola de Guararema

O 5º ano da Escola Municipal de Guararema, em Castro, puderam iniciar o projeto Vamos Ler – Geração Digital na segunda quinzena de maio. A professora da turma, Scheila Aparecida Samuel, comenta como foi todo o processo até a aplicação da iniciativa de mídia, educação e novas tecnologias, além dos benefícios que o projeto trouxe aos alunos.

“Considerando a necessidade de isolamento social como medida de enfrentamento à pandemia do coronavírus e o consequente fechamento das unidades escolares determinado por decreto municipal, a Escola Municipal de Guararema optou por estratégias alternativas de ensino, estabelecidas pela Secretaria Municipal de Educação”, aponta a docente.

Do dia 8 de fevereiro até 17 de maio de 2021, o ensino foi 100% remoto, com atividades diárias. A partir da segunda data, houve o retorno ao modelo misto (presencial e remoto), com a aplicação do projeto Vamos Ler na turma. Segundo a educadora, o projeto “visa inserir a leitura no cotidiano dos alunos, bem como contribuir para a criatividade, enriquecimento do vocabulário e melhora na escrita”.

Outro ponto destacado por Scheila é que o livro faz parte do cotidiano das crianças nas tarefas aplicadas, leituras de textos para responder questões de interpretação, entre outros. Contudo, elenca a docente, é preciso deixar que isso seja obrigação, tornando-se um ato prazeroso – viso que quando obrigadas, as crianças podem não sentir vontade de lerem constantemente.

“Dessa maneira, a escolha do tema se deu devido aos benefícios que a leitura traz em todas as fases da vida, apresentando aos alunos que os livros acrescentam uma bagagem riquíssima, contribuem para o pensamento crítico. Enfim, faz com que o leitor dê asas à imaginação. Por meio do ensino híbrido foi possível aliar a leitura com a tecnologia. Além da utilização dos aplicativos de leitura virtual, onde os alunos fazem leituras de e-books e matérias dos jornais locais”, complementa Scheila.

A professora conclui explicando que, primeiramente, houve um trabalho acerca da covid-19, com a leitura de cartilhas do tema por parte da turma. Na sequência, rodas de conversa esclareceram dúvidas. “Em seguida, fizemos uma entrevista com a diretora da escola, Renata Selmer, a qual falou referente aos protocolos de segurança sanitária que nossa escola está fazendo. Foi um momento de muito aprendizado para nossos alunos”, conclui a educadora.

Acesse o blog escolar da Escola de Guararema clicando aqui.

PUBLICIDADE

Recomendados