PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Quinto ano de Irati trabalha com características do tangram

Vamos Ler

25 de outubro de 2021 15:06

Dhiego Tchmolo


Relacionadas

Vencedoras do Concurso em Castro exaltam premiação

Turma de Ipiranga é premiada com 'Melhor Blog' no Vamos Ler

Vitória de aluna é destacada por prefeito e secretária de Castro

Premiados em Piraí do Sul falam sobre vitória no Concurso
Aluna de Castro é premiada com vídeo sobre reciclagem
Docente e aluna de Fernandes Pinheiro destacam premiação
Autoridades exaltam prêmio de aluna em Fernandes Pinheiro
PUBLICIDADE

Quebra-cabeças matemático foi tema principal de estudo em turma da Escola Francisco Stroparo

O 5º ano A da Escola Municipal Francisco Stroparo de Irati, em 21 de outubro, sob coordenação da professora Maiele Padilha de Lima desenvolveu uma atividade sobre uma lenda que contava a história do tangram – recurso matemática. A diretora da instituição de ensino, Daniele Regina Santos, comenta os principais aspectos da aula.

“(Os alunos) realizaram interpretação de texto, (onde) a professora relembrou o que é uma lenda e pediu aos alunos que identificasse quantos parágrafos tinha no texto e trabalharam também a parte gramatica. Na sequência, foi distribuído o material para os alunos confeccionarem um tangram, onde cada um fez a pintura, colagem, montagem e exploração das imagens que surgiram. Com o tangram foi trabalhado o raciocínio lógico e geométrico, percepção espacial, análise de figuras e estratégias, comentou Maiele”, aponta a gestora.

Para complementar, Daniele cita que o aluno Gabriel Lourenço Bianco relatou lendas com entusiasmo, contando com pesquisas de imagens na internet e feito em casa. Já o colega Samuel Ronik apontou que o tangram é um quebra-cabeça que apresenta diversas opções de montagem, diferentes do quebra-cabeça original, com apenas uma opção de montagem, além de incluir formas e cores que impressionam.

“Como estamos trabalhando com dois grupos, um presencialmente e outro remoto, os conteúdos apresentados em sala de aula são trabalhados em forma de Meet com quem está em casa”, conclui a diretora.

Acesse o blog escolar da Escola Francisco Stroparo clicando aqui

PUBLICIDADE

Recomendados