PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Concurso do Vamos Ler premia alunos em Ponta Grossa

Vamos Ler

30 de novembro de 2021 11:29

Dhiego Tchmolo


Relacionadas

Alunos de Irati aprendem mais sobre a educação financeira

Natal desperta experiência de gratidão em Jaguariaíva

Importância da atividade física movimenta alunos em Irati

Tangram estimula raciocínio matemático em 5º ano de Irati
Consciência Negra é tema de aula em Fernandes Pinheiro
Trabalho em Irati aborda dados do Paraná após videoaula
Combate ao desmatamento marca aula em Jaguariaíva
PUBLICIDADE

Evento ocorreu no Anfiteatro Municipal com a presença de autoridades e gestores; projeto do Grupo aRede entregou 78 prêmios para escolas municipais e particulares

O Vamos Ler – Geração Digital, iniciativa de mídia, educação e novas tecnologias do Grupo aRede esteve, na tarde dessa segunda-feira (29), no Anfiteatro Eunice Miró Guimarães Cordeiro para realizar a cerimônia de premiação das categorias Escolas Municipais e Escolas Particulares de Ponta Grossa, com 78 prêmios entregues.

Estiveram presente na cerimônia de premiação do projeto a prefeita de Ponta Grossa Elizabeth Schimdt, a secretária de Educação Simone do Rocio Neves, a diretora do CAIC de Ponta Grossa Audrey Pietrobelli, o diretor do Colégio Sepam Osni Mongruel Junior, a diretora do Colégio Sagrada Família Irmã Edites Bet, o diretor do Colégio Integração Waldir Uller, além dos premiados, familiares, equipe da Secretaria e profissionais da educação.

Para a prefeita, a premiação é resultado de um trabalho recorrente na rede municipal de ensino. “Depois de todos esses anos, o que nós estamos vendo hoje aqui é a consolidação daquilo que acontece nas nossas escolas na cidade. Tanto as municipais, quanto estaduais, particulares. Premiações de crianças que recebem e têm uma relação teoria-prática muito importante, interessantíssima. Principalmente voltada, nesse momento, às questões digitais”, aponta Schimdt.

Quem também destaca a atuação e a importância da parceria é a secretária. “Um projeto de excelência, principalmente num ano tão peculiar como nós vivemos. Esse ano veio contribuir muito para o desenvolvimento das atividades pedagógicas em nossas escolas. Então, só temos a parabenizar e sempre firmar parcerias positivas como essa que vêm contribuir com a escola pública, privada. Enfim, na sociedade como um todo”, cita Neves.

Para Junior, a metodologia do trabalho do projeto entra em sintonia com o Colégio. “O Sepam, durante esse período de pandemia, não só ensinamos, como aprendemos muito também. A ferramenta disponibilizada pelo Jornal da Manhã e aRede de você trabalhar com os alunos e poder, também, fazer esse trabalho de maneira, digital, remota, estimulando a criatividade, aprendizagem, realmente foi algo que nos deixou muito contente”, explana o gestor.

Já a Irmã Edites cita a profundidade que o Vamos Ler alcança. “Um projeto como esse tem sua importância porque eles nos possibilita, dentro da escola, oportunizar ao aluno uma reflexão maior, dentro de uma realidade, mais existencial” aponta a diretora. E, complementa. “O valor do projeto está nos desafios, no despertar da criatividade, na inovação e, consequentemente, no comprometimento de cada aluno dentro do quesito cidadania e responsabilidade social”, conclui a gestora.

Para Uller, a parceria entre o Integração e o projeto trouxe vários benefícios, principalmente na pandemia. “Com essa atividade do Vamos Ler foi proporcionado possibilidade do aluno interagir com o mundo externo. Através do que? Das leituras, notícias, matérias que estavam sendo publicadas. Isso tudo facilitou com que eles mantivessem contato com esse mundo externo, com o próprio colega, tentando conversar para desenvolver os projetos. Isso foi muito importante”, pontua o diretor.

E, para fechar, Audrey fala da ampla experiência de parceria com o Vamos Ler. ”Esse projeto é extremamente importante, porque ele favorece a aproximação da criança com o mundo da leitura, da escrita. O Vamos Ler, eu sempre comento, é um projeto que estimula e alimenta o processo de letramento dos nossos alunos. A criatividade, o desenvolvimento do senso crítico. Então, é uma parceria muito especial”, diz a diretora.

Fotos: Fabio Matavelli

PUBLICIDADE

Recomendados