PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Secretária de Reserva abre série do Vamos Ler na região

Vamos Ler

28 de maio de 2022 13:15

Dhiego Tchmolo


Relacionadas

Paródias retratam Fórmula de Bhaskara no Sagrada Família

Educação de Jaguariaíva conta com inovação junto à Secretaria

'Medidas de capacidade' é tema de aula em turma de Imbituva

Vamos Ler traz aula de combate ao trabalho infantil em Reserva
Vamos Ler estimula alunos 'protagonistas da notícia' em PG
Vamos Ler destaca 'matemática culinária' em aula de Reserva
Obra clássica leva aprendizado a alunos em Jaguariaíva
Secretária assumiu pasta no início de 2021 e destaca amplas conquistas em quase um ano e meio Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Ruth Eliane Faustin, à frente da Educação, fala sobre investimentos, formação, gestão, Vamos Ler e muito mais; especial do Grupo aRede fará ‘tour’ e conversará com secretários dos Campos Gerais

O Vamos Ler – Geração Digital deu início a uma série de entrevistas com os secretários municipais de Educação dos municípios participantes do projeto em 2022. A estreia deste especial contou com a participação da secretária Ruth Eliane Faustin, à frente da pasta em Reserva. A live no Portal aRede foi divulgada na tarde dessa sexta-feira (27).

A gestora abordou alguns pontos principais: a avaliação da sua gestão em quase um ano e meio junto à Secretaria de Educação, a formação continuada dos professores, investimentos e plano de carreira, a questão do transporte escolar, a primeira participação de Reserva no Vamos Ler – Geração Digital, além dos objetivos, metas e recados a serem dados à rede municipal de ensino e à comunidade escolar.

CONFIRA A ENTREVISTA COMPLETA: Vamos Ler entrevista secretária de Educação de Reserva

“Nós iniciamos o período letivo (em 2021) com atividades remotas. Somente em julho que fomos retornando com os alunos. E, a partir daquele momento até hoje, tivemos vários avanços na Educação. Vamos pensar na formação de professores: planejamos que no período da nossa gestão, nós focaríamos a formação em outro modelo que os professores estavam acostumados”, destaca Faustin.

Dentro deste contexto, explica a secretária, houve a construção de um calendário com momentos definidos para a formação, que vão além daqueles prescritos no calendário escolar. O objetivo foi proporcionar aos educadores outros métodos para formá-los, de maneira continuada. A gestora cita que isso atinge diretamente as metodologias em sala, com os alunos sendo os mais beneficiados.

Outra questão foram os investimentos. “Estamos trabalhando no plano de carreira dos professores. Era um anseio deles: ele existe, só que desde 2014 ele não tinha sido mais atualizado. Desde o ano passado, quando assumimos junto com o prefeito, uma das intenções era deixar certa a quantidade de recursos, para que a gente pudesse trabalhar e atualizar esse plano de carreira”, aponta Faustin, elencando que a Secretaria vem conseguindo trabalhar este ponto.

Investimentos que também vêm com um notebook para cada professor, uniformes escolares (todos alunos receberam um kit), a licitação de uma jaqueta de inverno e tênis para os alunos. A melhoria dos aspectos físicos das escolas também conta com a atenção da pasta, com reformas e ampliações de infraestruturas.

Outro objetivo é, melhorar a frota municipal. Nessa quinta-feira (26), a Educação recebeu um ônibus em emenda do Senador Flávio Arns em conjunto com o governador Ratinho Junior. “O Município, com recursos próprios, fez a compra de três ônibus. Nós estamos esperando eles chegarem, já foi licitado. Também compramos uma van com recurso próprio, (além de) dois carros para estarem ajudando no trabalho da Secretaria de Educação”, explica a gestora.

Faustin fala sobre as metas traçadas para o decorrer da gestão. “Nós pretendemos estar valorizando os profissionais da educação e, consequentemente, eles valorizados na questão salarial, quanto de formação, nós teremos os resultados para os alunos. Nossa meta, eu falo sempre, é proporcionar uma educação de qualidade para que as crianças aprendam. Teremos bons resultados se fizermos bons investimentos na educação”, conclui a secretária.

Participação no Vamos Ler

Faustin destacou a adesão e a importância do Vamos Ler para Reserva. “Adotamos o projeto para a nossa rede porque pensamos que atrelar qualquer situação à formação de leitura, tanto para o professor, quanto para o aluno, é um ganho na educação. Quando escolhemos por estar participar do projeto Vamos Ler, utilizando as mídias na educação, nós fizemos um investimento também pensando nisso com os professores”, cita a secretária, relembrando a distribuição de notebooks. “Essa ferramenta vem colaborar para que o professor consiga desenvolver seu trabalho de leitura relacionado às mídias na educação”, complementa.

PUBLICIDADE

Recomendados