PUBLICIDADE

Formação continuada auxilia em dinâmicas de Ipiranga

Curso que ocorreu no município foi base para um trabalho de recomposição de aprendizagem matemática no 4º ano da Escola João Leonel Denck

Trabalhos com números permitiram que alunos pudessem imergir nos conteúdos
Trabalhos com números permitiram que alunos pudessem imergir nos conteúdos -

Dhiego Tchmolo

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Um curso de Formação Continuada para professores de 4º e 5º anos e Sala de Apoio Pedagógico: Aprendizagem em Ação, com o tema trabalhado ‘Currículo de Ipiranga e Recomposição de Aprendizagem Pós Pandemia’, movimentou os educadores da Escola João Leonel Denck. Segundo a coordenadora pedagógica Elediane Lachinski Silva, a professora Karine Kity Blum Pinheiro pôde aplicar uma das propostas do curso na turma do 4º ano.

“O objetivo da aula foi ler e escrever, comparar e ordenar números naturais pela compreensão das características do Sistema de Numeração Decimal e relacionar um número no Sistema de Numeração Decimal com sua decomposição nas ordens do sistema. Para realizar a proposta, a professora organizou as fichas sobrepostas para cada aluno que se trata de um conjunto de fichas que permitem escrever os números de 0 a 99 999. Os tamanhos de cada ordem são diferentes de modo que o aluno possa sobrepor perfeitamente uma na outra”, aponta a pedagoga.

GALERIA DE FOTOS

  • Formação continuada auxilia em dinâmicas de Ipiranga
  • Formação continuada auxilia em dinâmicas de Ipiranga
  • Formação continuada auxilia em dinâmicas de Ipiranga
  • Formação continuada auxilia em dinâmicas de Ipiranga
  • Formação continuada auxilia em dinâmicas de Ipiranga
  • Formação continuada auxilia em dinâmicas de Ipiranga
  • Formação continuada auxilia em dinâmicas de Ipiranga
  • Formação continuada auxilia em dinâmicas de Ipiranga
  • Formação continuada auxilia em dinâmicas de Ipiranga
  

Assim, primeiramente, os educandos manusearam livremente as fichas, formando alguns números na sequência e, depois, com requisição da professora, apresentassem os números utilizando as fichas, conforme explica Elediane. Assim, a turma pôde mostrar o número de alunos em sala, número do endereço da escola e outros que achassem significativos.

“Por fim, a professora propôs a escrita destes e outros números no quadro valor lugar, afim de verificar se os alunos compreenderam sua decomposição nas ordens do sistema. Para finalizar, foi proposto um desafio em grupo para que os alunos elaborassem regras para a formação de novos números”, elenca a educadora.

A professora relata que os alunos puderam compreender o valor de cada algarismo que compõem os números, por meio das ordens do sistema de numeração decimal e fichas sobrepostas, de modo mais rápido e fácil.

“A escola ganha muito com a formação continuada dos professores em trabalho, pois a aplicabilidade dos conceitos aprendidos assegura a atuação de profissionais mais preparados e capacitados dentro das salas de aula. Dessa forma, ela garante uma educação de qualidade para os seus alunos e, consequentemente, a comunidade na qual a escola está inserida”, conclui Elediane.

Acesse o blog escolar da Escola João Leonel Denck clicando aqui

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE