Cooperados Capal são os melhores criadores do Brasil

Agronegócio

13 de maio de 2019 18:33

Fernando Rogala

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

PR prevê 23,3 milhões de toneladas na safra de verão

Agroleite 2019 movimenta R$ 78 mi em negócios

Estado abre edital para projetos de apoio à agricultura familiar

Frísia projeta faturar cerca de R$ 3 bilhões em 2019
Conheça os animais campeões do Agroleite 2019
Trilha do Leite supera número de visitantes de 2018
Julgamento da raça holandesa marca último dia do Agroleite
Korstiaan Bronkhorst (quarto da esquerda para a direita) também disputou na raça vermelho e branco e obteve êxito Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Associados foram premiados como os melhores criadores e expositores de bovinos da raça Holandesa do Brasil


Cooperados da Capal estão entre os melhores criadores e expositores do Brasil de gado da raça Holandesa. A definição é da Associação Brasileira dos Criadores de Bovinos da Raça Holandesa (ABCBRH), e foi anunciada em evento ocorrido em Carambeí (PR), no fim de abril. O ranking dos premiados é baseado no resultado de exposições de três Estados: Paraná, Minas Gerais e São Paulo.

Os produtores Pedro Elgersma, Adriaan Frederik Kok e Korstiaan Bronkhorst se destacaram na premiação com animais referências em genética, além do trabalho em manejo. Na variedade Vermelho e Branco, Kok venceu como melhor afixo, criador e expositor de gado jovem e adulto, além de ser o campeão pela vaca vitalícia e reservada de 4 anos.

Já Bronkhorst, disputando também na Vermelho e Branco, teve as conquistas: reservada bezerra sênior, reservada novilha intermediária, novilha sênior campeã e reservada, júnior 2 anos campeã e reservada, júnior 3 anos campeã, campeã e reservada jovem, 5 anos reservada e reservada grande campeã.

Na variedade Preto e Branco, Pedro Elgersma foi o melhor afixo, criador e expositor gado adulto. Somado a isso, também teve a vaca campeã 1 ano parida, reservada 2 anos júnior, reservada 3 anos sênior, reservada vaca jovem, campeã 5 anos, reservada vaca adulta e, por fim, a grande campeã.

“A premiação é resultado do trabalho que a gente faz em cima da genética e do manejo. Em toda a exposição fazemos um trabalho para que os animais cheguem na pista em condições, como dieta balanceada e cabresto”, explica Ronald Elgersma, filho de Pedro.

Os sêmens dos animais dele são importados dos Estados Unidos e Canadá. Atualmente, a propriedade de Pedro Elgersma tem 200 vacas em lactação, todas da raça Holandês, variedade Preto e Branco, com produção de 34 a 35 litros de leite/vaca por dia.


As informações são da assessoria de imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede