Indústria de máquinas e equipamentos aumenta vendas

Agronegócio

29 de outubro de 2020 10:00

Agência Brasil


Relacionadas

Ipea prevê menor crescimento do agronegócio em 2021

Herança Holandesa expande produção de farinha em PG

ID Agro vai permitir o registro gratuito de máquinas agrícolas

Castrolanda está entre as maiores empresas do agro
Cooperativas irão construir maltaria nos Campos Gerais
Estado abre chamada pública para agricultura familiar
Definidos os vencedores do Café Qualidade Paraná 2020
O setor vendeu ao exterior, no mês de julho, R$ 648 milhões em equipamentos, montante 23,7% inferior ao registrado no mesmo mês de 2019. Foto: Reprodução/Pexels
PUBLICIDADE

Alta de 13,3% foi puxada pelo comércio interno, diz Abimaq 

As vendas da indústria brasileira de máquinas e equipamentos totalizaram em setembro R$ 13,9 bilhões, montante 13,3% superior ao registrado no mesmo mês de 2019. A alta foi impulsionada principalmente pelo comércio interno, e não pelas exportações. No acumulado do ano, as vendas somam R$ 97,2 bilhões, 1,3% a menos do que o obtido no mesmo período do ano passado. Os dados foram divulgados hoje (28) pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq).

“As retrações do mercado interno observadas no pico da pandemia foram revertidas. Uma possível compensação das vendas, interrompidas no auge da pandemia, uma melhora em segmentos como máquinas agrícolas e alguma substituição de importados por nacionais, ajudam a explicar tal comportamento do mercado doméstico”, destacou a Abimaq, em nota. 

O setor vendeu ao exterior, no mês de julho, R$ 648 milhões em equipamentos, montante 23,7% inferior ao registrado no mesmo mês de 2019. Foi o sétimo mês consecutivo de queda na receita das exportações. No acumulado do ano, as exportações somam R$ 5,3 bilhões, 27,7% a menos que o obtido no mesmo período do ano passado. 

"O comércio mundial, ainda restrito em decorrência da pandemia, somado ao consequente foco no mercado interno, justifica parte desse recuo das exportações de máquinas e equipamentos este ano”, ressaltou a entidade. 

PUBLICIDADE

Recomendados