Coopagrícola investe R$ 20 mi em unidade em Ivaí

Agronegócio

03 de dezembro de 2020 19:30

Fernando Rogala


Relacionadas

Cooperativas ampliam sinergia em inovação com ‘CoopMode’

Conab atualiza site de pesquisa de preços de hortifrútis

Garantia-Safra terá parcela única de pagamento

Conab prevê baixa produção de café devido ao clima
Agronegócio do PR tem recorde histórico de exportações
Projeto da UFF fortalece produção agroecológica
Produção agropecuária de 2020 atinge maior valor desde 1989
PUBLICIDADE

Nova unidade foi construída às margens da rodovia e irá atender aos cerca de 350 cooperados da região

Foi inaugurada, na última semana, um novo investimento realizado pela Cooperativa Coopagrícola na região dos Campos Gerais. Trata-se de uma unidade industrial construída no município de Ivaí, que recebeu investimentos de R$ 20 milhões. A unidade irá atender aos cerca de 350 produtores cooperados localizados na região. A inauguração ocorreu no dia 25 de novembro, e teve a presença de diretores da cooperativa, incluindo o presidente, Gabriel Nadal; do prefeito Idir Treviso, além de instituições financeiras e empresas que participaram do investimento. 

Instalado em ponto estratégico, às margens da rodovia, o investimento foi feito para melhorar a infraestrutura da cooperativa na região, proporcionando melhor atendimento aos cooperados. Em entrevista ao vivo no Portal aRede, o diretor secretário da Coopagrícola, Luiz Carlos Casára, explica que a Coopagrícola já está presente no município há quatro décadas, mas que já havia a necessidade de uma renovação nas estruturas, devido à expansão do município. 

“Com o passar do tempo, a cidade ficou em volta da nossa unidade. Tivemos problemas com logística; os caminhões cresceram e tinham dificuldade de acesso, e havia necessidade de modernização de equipamento. Então a cooperativa, de forma planejada, começou idealizar nova unidade que foi instalada em local estratégico, às margens da rodovia”, explicou o diretor. Neste primeiro momento, houve a inauguração da parte industrial, que incorpora recebimento, classificação, expedição e comercialização. 

Com o aporte, são inúmeros benefícios aos cooperados. “Os investimentos vieram agregar novas tecnologias, vieram dar fluxo muito alto de recebimento da produção. Recebemos a produção, beneficiamos e expedimos em um fluxo muito rápido, para que o produtor nosso não fique com o caminhão na fila, por ocasião da colheita, então foram essas situações que nos levaram a investir nessa unidade”, completou, acrescentando o ótimo ano para o agro, que refletiu no crescimento do faturamento da cooperativa.


Aporte na cidade será ampliado

O investimento até o momento chegou na casa dos R$ 20 milhões, mas ele será ampliado para, segundo Casára, será uma unidade completa. “Temos pretensões de continuar os investimento na unidade e no município, uma vez que cooperativa atua em todas necessidades do produtor, desde plantio até colheita e comercialização do produto. Então ainda vamos instalar no entreposto a parte administrativa da nova unidade, e vamos trabalhar com sementes, fertilizantes, defensivos, que também vai receber instalações”, completa.


PUBLICIDADE

Recomendados