PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Colheita de grãos deve atingir 264,8 milhões de toneladas

Agronegócio

14 de janeiro de 2021 13:20

Brasil 61


Relacionadas

Soja deverá gerar R$ 5,6 bilhões em riquezas na região

Setor leiteiro movimenta mais de R$ 2 bilhões na região

Frísia tem maior faturamento da sua história em 2020

Paraná deve colher 23,9 milhões de toneladas de grãos
Tec Campo Online mobiliza cooperados da Capal
Bancos disponibilizam R$ 28 bi para custeio antecipado da safra
BB disponibiliza R$ 16 bi para custeio antecipado de safra
A projeção apresentada leva em conta o aumento de 3,4% na área destinada à plantação da oleaginosa. Foto: Reprodução/Arquivo EBC
PUBLICIDADE

Para a produção de milho, a estimativa é de que a safra 2020/2021 fique em 102,3 milhões de toneladas

A colheita de soja na safra 2020/2021, no Brasil, deverá chegar a 133,7 milhões de toneladas. A estimativa consta no quarto Levantamento da Safra de Grãos. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (13) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

A projeção apresentada leva em conta o aumento de 3,4% na área destinada à plantação da oleaginosa, que representa cerca de 50% da colheita de grãos no país, estimada em 264,8 milhões de toneladas.

Ainda de acordo com as informações do balanço, o salto esperado para a produção total será de 7,9 milhões de toneladas, em relação à safra 2019/2020, quando foram colhidas quase 257 milhões de toneladas. Já para a produção de milho, a estimativa é de que a safra 2020/2021 fique em 102,3 milhões de toneladas.

Sobre o arroz, a Conab destaca que o aumento da área destinada à produção “foi menor do que o esperado, principalmente pelo fato de as chuvas não abastecerem satisfatoriamente as barragens que fornecem água para as lavouras irrigadas na Região Sul”. Sendo assim, a produção estimada está em 10,9 milhões de toneladas – número 2,5% menor do que o registrado na safra anterior.

PUBLICIDADE

Recomendados