PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Tec Campo Online mobiliza cooperados da Capal

Agronegócio

25 de fevereiro de 2021 14:58

Da Redação


Relacionadas

Estado projeta recorde na produtividade de trigo

Trans 'Fofão' doa R$ 20 mil e desiste de operação

Paraná deve gerar R$ 144 bilhões em riquezas no campo

IBGE prevê safra recorde de 264,9 mi de toneladas para 2021
Cooperativas da região movimentam R$ 10,2 bi em 2020
Desesperado, homem vende paçoca para 'se livrar' da sogra
Castrolanda e Frísia estão entre as 100 maiores do agro nacional
Evento pela primeira vez ocorre de forma online Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Em parceria com a Fundação ABC, cooperativa realiza evento com palestras técnicas sobre controle de pragas, tratamento de sementes, posicionamento de cultivares de soja e outros assuntos

Pela primeira vez, o tradicional Tec Campo, dia de campo exclusivo aos cooperados da Capal, será virtual. O evento atualiza e apresenta soluções aos desafios dos agricultores para o cultivo de grãos. A edição deste ano acontece no dia 25 de fevereiro, às 16h, e tem a realização da Capal em parceria com a Fundação ABC.

O coordenador de Assistência Técnica da cooperativa, Roberto Martins, lembra que estudos apontam mais de 50 fatores que influenciam a produção no campo. Martins afirma que o Tec Campo vai ao encontro da missão da cooperativa, que é o desenvolvimento contínuo do associado, agregando valor a sua produção. “Buscamos trazer essas inovações e melhorias em práticas no campo, além de informações de cunho operacional ao dia a dia da atividade agropecuária”, conta.

Os cooperados do Paraná e de São Paulo, onde a Capal tem atuação, terão acesso às principais ferramentas e inovações. De forma virtual, devido à covid-19, serão trabalhados os temas Entomologia, com a ocorrência do inseto broca-das-axilas e da lagarta falsa medideira em soja Intacta e a importância da amostragem para definição das estratégias de controle de pragas; Fitopatologia, com tratamento de sementes da soja e o momento da primeira aplicação, dando enfoque nas perdas em produtividade; Fitotecnia, com o posicionamento de cultivares de soja; Forragens & Grãos, com os genótipos de milho e sorgo para a safrinha; e Solos e Nutrição de Plantas, com o manejo de calagem e gesso para altas produtividades.

Gerente técnico de Pesquisa da Fundação ABC, Luís Henrique Penckowski destaca que, devido à pandemia, foi necessário “acelerar em relação aos meios para se comunicar com os cooperados e agrônomos”. Ele reforça que “o ano de 2020 nos ensinou a ser mais assertivos e objetivos para repassar as informações aos cooperados”.

Sob medida

Apesar da Capal ter 153 mil hectares de área assistida, uma das principais características do Tec Campo é o cooperado ter uma apresentação “sob medida” à sua necessidade. “A experiência da Tec Campo é muito boa, sempre trabalhando nas microrregiões, o que é um diferencial. Abrimos espaço para o diálogo e, nessa edição virtual, vamos ter um tempo para perguntas, em que o cooperado pode tirar suas dúvidas específicas”, afirma Penckowski.

Junto com a Fundação ABC, a Capal faz os levantamentos com os desafios, dificuldades e limitações que o cooperado tem no campo. “Frente a isso, nós temos um comitê técnico-científico, do qual eu faço parte, que leva as demandas à Fundação. Fazemos uma mesa-redonda de como poderíamos abordar, fazer um estudo de soluções e melhorias, adequações frente a essas dificuldades. Assim, são desenvolvidos ensaios e trabalhos em várias regiões”, explica Martins.

A Fundação ABC tem campos demonstrativos experimentais onde são feitos ensaios junto aos associados a fim de encontrar resultados ou mesmo caminhos para enfrentar as dificuldades. “É feito um direcionamento para os resultados serem representativos e trazerem um agregado de valor aos cooperados, com auxílio e discussões para as dificuldades impostas”, conclui o coordenador da Capal.

As informações são da assessoria de imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados