Morre Walter Malieni, vice-presidente do Banco do Brasil

Cotidiano

08 de agosto de 2020 21:00

Da Redação


Relacionadas

Doenças causadas pelo estresse podem comprometer os batimentos cardíacos

Saúde atualiza procedimentos para aborto no SUS

Estudantes com Fies podem suspender pagamentos

Helicóptero da PM auxilia para conter chamas em Ilha Grande
Mulher é assassinada dentro de casa de acolhimento
Primeiro caça Gripen brasileiro voa no Brasil
PR terá queda nos números da Covid entre 30 e 40 dias
Em nota, o banco manifestou tristeza e afirmou que o executivo era “reconhecido pela sua enorme competência técnica" Foto: Reprodução
PUBLICIDADE

Em nota, o banco manifestou tristeza e afirmou que o executivo era “reconhecido pela sua enorme competência técnica"

Morreu na última sexta-feira (7) o vice-presidente de negócios de atacado do Banco do Brasil, Walter Malieni Junior. O executivo tinha 50 anos. Entrou no Banco do Brasil aos 15 e, em 35 anos de carreira, passou por diversas áreas da instituição. A morte foi causada por um súbito problema cardíaco.

Em nota, o banco manifestou tristeza e afirmou que o executivo era “reconhecido pela sua enorme competência técnica e pela maneira sempre educada e atenciosa com que se dirigia a todos”. Walter estava no posto de vice-presidente de atacado desde o final de 2019, após ter ocupado o cargo em gestões anteriores. A morte do executivo ocorre em um momento de transição do Banco do Brasil.

Rubem Novaes, atual presidente do banco, renunciou ao cargo no fim de julho. Seu sucessor deve ser André Brandão, ex-presidente do HSBC.

PUBLICIDADE

Recomendados