PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Evento do Crea-PR vai apontar tendências pós-pandemia

Cotidiano

05 de agosto de 2021 15:47

Da Redação


Relacionadas

Primavera é marcada pela manifestação de alergias

Venda de imóvel de programa habitacional é proibida

Confiança do industrial no Paraná cai em setembro

Tiroteio em Curitiba resulta em suspeito morto e dois presos
Profissionais de saúde vão receber dose de reforço
Alexandre Garcia é demitido ao defender tratamento precoce
Ratinho Jr. sanciona lei que destina R$ 480 mi à Educação
Com inscrições abertas e realizada pelo Crea-PR, a Sepeag é gratuita e 100% on-line Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Com inscrições abertas e realizada pelo Crea-PR, a Sepeag é gratuita e 100% on-line

Cinco dias de discussões, painéis e palestras; 40 palestrantes e muitas oportunidades para troca de ideias e aprendizados. Resumidamente, esta será a Semana Paranaense de Engenharia, Agronomia e Geociências (Sepeag-Digital), que será realizada pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR), entre os dias 9 e 13 de agosto de 2021. Como em sua primeira edição, realizada em 2020, a 2ª Sepeag será 100% remota e gratuita.  

As palestras e painéis serão transmitidas ao vivo, pelo canal do Crea-PR no Youtube, com a proposta de manter os profissionais atualizados com as principais tendências, políticas públicas, desafios da profissão e novas tecnologias – no Brasil e no mundo.

A cada dia da semana haverá um tema específico apresentado por profissionais reconhecidos em suas áreas. A diretora geral na Teach the Future no Brasil e diretora do núcleo brasileiro do Projeto Millennium, a maior rede de pesquisadores futuristas do mundo, Rosa Alegria, é uma das convidadas do painel Ciência e Tecnologia, na programação Jovens Profissionais. Ela irá falar sobre “O futuro em ação: por que o futurismo agrega valor ao negócio.” 

Segundo Alegria, o valor estratégico para a classe de engenheiros, agrônomos e geocientistas corresponde às necessidades globais do século 21 e às oportunidades que se apresentam para o Brasil no contexto do "nexo da sobrevivência", como define a Food and Agriculture Organization of the United Nations (FAO/ONU).  

“Com o aumento da população até 2030 - 1 bilhão de pessoas somadas às atuais 7,3 bilhões - haverá uma necessidade de pensar em soluções para o abastecimento de alimentos, energia e água, o que deverá impactar a produtividade agrícola. Nesse contexto, o Brasil se apresenta como fonte de recursos para o mundo e a aplicação do futurismo na gestão das empresas do agronegócio fará toda a diferença”, explica a especialista. De acordo com a pesquisadora, o futurismo é fundamental nesse momento porque além de ampliar os caminhos para inovar, pode também reinventar o planejamento na direção de negócios mais sustentáveis.

Na pauta da acessibilidade, o professor associado com Agregação na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) em Vila Real e investigador integrado no INESC TEC – Laboratório Associado no Porto, Portugal, Ramiro Gonçalves, irá tratar da acessibilidade web e sua importância a partir de três dimensões: igualdade, mercado e indexação. Gonçalves irá conversar com os participantes sobre normas, pessoas e acesso digital, e sobre o projeto acessibilidadeweb.pt. 

Segundo a Agência Europeia para os Direitos Fundamentais (EU-FRA), existem mais de 80 milhões de cidadãos europeus com algum tipo de deficiência. “No que diz respeito a Portugal, este número está próximo a 1 milhão de cidadãos com necessidades especiais sendo que, cumulativamente, a população portuguesa tem uma expectativa de vida cada vez mais alta e, por isso, é cada vez mais alvo de um conjunto maior de dificuldades ou mesmo incapacidades”, afirma Gonçalves. Sua plataforma é em defesa do desenvolvimento de conteúdos e sites com todas as acessibilidades necessárias. 

No último dia de programação, Arthur Igreja irá falar sobre como será a transformação digital que ainda viveremos. Palestrante em mais de 150 eventos por ano como o TEDx no Brasil, Europa, Estados Unidos e América do Sul, Igreja acredita que o ápice das transformações profundas ainda está por vir. “Com o controle da pandemia, teremos uma recombinação de experiências, com um pedaço daquele mundo que tínhamos em 2019 e os aprendizados que tivemos nesse período. Para quem acha que muitas transformações aconteceram nesses últimos tempos, prepare-se: é daqui pra frente que as coisas vão mudar de forma mais profunda porque teremos menos restrições”, contextualiza. Em sua palestra, Igreja vai propor uma reflexão sobre o que estamos vivendo agora e sobre perspectivas do que poderá acontecer nos próximos meses e anos.

Entre os palestrantes confirmados estão também o engenheiro civil, empresário, escritor, dramaturgo, apresentador e ex-banqueiro de investimentos Eduardo Moreira; a engenheira da computação da Google, Thaís Fabricio Melo; os presidentes do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) e do Crea-PR, Joel Krüger e Ricardo Rocha de Oliveira; o diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Sandoval Feitosa; o vice-governador do Paraná, Darci Piana, entre outros convidados.

O evento 

A Sepeag Digital foi criada em 2020 como uma resposta do Crea-PR à necessidade de manter os profissionais das Engenharias, Agronomia e Geociências conectados e atualizados durante a quarentena imposta pela pandemia de Covid-19. Durante uma semana, foram ofertados painéis, debates, palestras e discussões sobre temas atuais e de interesse dos profissionais – ao vivo pela internet. Foram registrados mais de 3 mil inscritos e mais de 70 mil visualizações, com participantes de cerca de 30 países.

Para acessar a programação completa e fazer sua inscrição na 2ª Sepeag, acesse o site sepeag.crea-pr.org.br.

Serviço:

Sepeag Digital

Data: 9 a 13 de agosto 

Horário: das 14h às 17h/ das 19h às 21h

Local: Canal do Crea-PR no Youtube

Inscrições gratuitas

Mais informações: sepeag.crea-pr.org.br

PUBLICIDADE

Recomendados