PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Polícia apreende mais de 300 quilos de maconha no Paraná

Cotidiano

22 de janeiro de 2022 17:42

Agência Estadual de Notícias


Relacionadas

Lojas MM entrega mais um caminhão de prêmios

Ratinho Jr. destaca papel do Sul para crescimento do Brasil

Doria desiste da pré-candidatura à Presidência

Calendário do IPVA das placas de finais 9 e 0 acaba hoje
Carro de concurseiro pega fogo a 1 Km da prova
Caixa paga parcela do Auxílio Brasil para beneficiários
Mulher reaparece após ser dada como morta no litoral de SP
Ações foram coordenadas pela Secretaria de Operações Integradas (Seopi) do Ministério da Justiça e Segurança Pública Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Ações foram coordenadas pela Secretaria de Operações Integradas (Seopi) do Ministério da Justiça e Segurança Pública

Ações distintas do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFRON) nas cidades de Guaíra e Capitão Leônidas Marques resultaram na apreensão de 305 quilos de maconha e de cinco armas de fogo nesta sexta-feira (22). As apreensões fazem parte da operação Hórus, coordenada pela Secretaria de Operações Integradas (Seopi) do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

A primeira ação foi em Guaíra, quando os policiais militares estavam em patrulhamento pela região rural e viram uma movimentação de pessoas no matagal. Ao notarem a chegada dos policiais, as pessoas fugiram e abandonaram fardos com tabletes de maconha, totalizando 305 quilos. 

Em outra ação, na cidade de Capitão Leônidas Marques, o BPFRON abordou um ônibus interestadual com destino a Porto Alegre (RS) e os policiais militares apreenderam cinco pistolas de calibre 9mm com uma passageira, de 22 anos. As armas estavam com seletor de rajadas e 10 carregadores. Segundo o Batalhão, o armamento seria entregue na cidade de Lajeado, no Rio Grande do Sul. A mulher foi presa.

A Operação Hórus é desencadeada dentro do programa V.I.G.I.A., com amparo legal do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras para combater crimes transfronteiriços em ações integradas. Os trabalhos envolvem equipes da Polícia Federal, do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron), do Corpo de Operações de Busca e Repressão Aquática (Cobra), da Companhia de Comandos e Operações Especiais (COE) do Batalhão de Operações Especiais (Bope), ambos da Polícia Militar do Paraná; do grupo Tigre da Polícia Civil do Paraná; do Bope da PM de Mato Grosso do Sul, além da Força Nacional e do Exército Brasileiro.

PUBLICIDADE

Recomendados