PUBLICIDADE

Polícia investiga morte de dono de bar espancado com martelo

A briga teria iniciado depois de comentários homofóbicos ao final da festa

A briga teria iniciado depois de comentários homofóbicos ao final da festa
A briga teria iniciado depois de comentários homofóbicos ao final da festa -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A briga teria iniciado depois de comentários homofóbicos ao final da festa

A Polícia Civil está investigando o homicídio do empresário Raul Cabral Romanus, de 57 anos, assassinado no último domingo (19), em uma chácara de Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba. A vítima era dona de um bar no local onde acontecia uma festa rave e foi espancada até a morte com um martelo de cortar gelo.

A festa rave começou no sábado a noite (18) e se estendeu até o fim da manhã de domingo. Depois do evento, Raul e um funcionário organizavam o bar, quando o caseiro da chácara e o filho se aproximaram. Então, os dois teriam feito comentários homofóbicos, o que deu início a uma confusão generalizada.

Com informações do portal Banda B

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE