"Estamos no pico da doença”, diz Marcelo Rangel

Ponta Grossa

14 de julho de 2020 18:51

Afonso Verner


Relacionadas

Centro e mais 12 vilas de PG podem ficar sem água

Construtora entrega unidades atendendo público jovem

Prestes entrega residencial e se destaca junto ao público jovem

Setor empresarial de PG ganha novo grupo do 'BNI'
Comércio de PG se recupera e vendas crescem em julho
PG retorna ao limite prudencial de gastos com pessoal
Primeiro debate do 1º turno tem regras definidas
PG teve 57 casos confirmados nesta terça-feira (14) Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Após recorde de casos, prefeito fez transmissão nas redes sociais para falar do tema

O prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel (PSDB), fez uma transmissão ao vivo nas redes sociais no começo da noite desta terça-feira (14). Após a cidade bater recorde no registro de casos, somando 57 novos casos da Covid-19 em apenas um dia, o prefeito foi às redes sociais para afirmar que o município estaria chegando no pico da doença e pedir que os cuidados sejam redobrados.

“Não temos mais condições de receber pacientes da região metropolitana de Curitiba. Acredito que estamos chegando no pico [da Covid-19]”, afirmou o prefeito. De acordo com Rangel, se os números de casos positivos seguir crescendo, o município deve mudar a bandeira para laranja no município nos próximos dias. “Vamos seguir acompanhando”, contou Rangel.

O prefeito destacou que no momento a principal preocupação diz respeito à ocupação de leitos de UTI e também clínicos destinados aos pacientes que contraíram à Covid-19. Atualmente o Hospital Universitário (HU-UEPG) tem 100% dos leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) ocupados e 35% dos leitos clínicos. No entanto, nos próximos dias, 10 novos leitos de UTI devem ser abertos.

LEIA TAMBÉM

HU atinge lotação máxima de leitos de UTI na ala da Covid;

Casos explodem e PG registra 57 novos infectados;

PUBLICIDADE

Recomendados