PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Governador está em PG para entrega de novo residencial

Ponta Grossa

30 de julho de 2021 11:43

Rodolpho Bowens


Relacionadas

Prefeitura sorteia veículos 0Km e prêmios em dinheiro

El Tomato oferece qualidade e tradição aos ponta-grossenses

Lideranças querem trazer Bolsonaro à região em outubro

Em PG, proteção veicular é opção segura contra acidentes
Após briga, marido atropela esposa e foge 'vazado' em PG
Falha mecânica causa acidente entre carro e caminhão em PG
Duas pessoas são atropeladas em frente ao Terminal Central de PG
PUBLICIDADE

Local foi planejado pela Construtora Rottas e teve um investimento de mais de R$ 30 milhões em infraestrutura

O governador do Estado do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior (PSD), estará nesta sexta-feira (30), em Ponta Grossa, para inaugurar, junto da prefeita Elizabeth Schmidt (PSD), o Residencial Porto Belvedere. A cerimônia acontecerá na região da Boa Vista, na Rua Antônio Saad, pelo período da manhã – onde fica localizado o condomínio. Planejado pela Construtora Rottas, e com um investimento de mais de R$ 30 milhões em infraestrutura, o ‘Porto Belvedere’ oferece aos moradores o formato das casas em ‘condomínio clube’.

O anúncio foi realizado via redes sociais da prefeita de Ponta Grossa e confirmado pela equipe de jornalismo do Portal aRede com a assessoria de imprensa do Poder Executivo.

Segundo as informações publicadas – acesse a notícia clicando aqui –, o Porto Belvedere conta com portaria 24h por dia, quadras poliesportivas, salão de festas, playground, piscina adulto e infantil. Também há espaço gourmet com churrasqueira, quadra de areia, redário, espaço zen, pomar com árvores frutíferas, academia ao ar livre, playground, e 50 mil metros quadrados de área preservada, que pertencem ao condomínio, onde há uma trilha ecológica.

As casas possuem entre 50m² e 57m² de área construída, com dois ou três quartos e uma vaga de garagem, todas piso cerâmico e teto com laje. Cada unidade tem um terreno privativo em média de 130m². Os valores das residências começam em R$ 120 mil. Projeto enquadrado no Programa Minha Casa, Minha Vida, os subsídios podem chegar a R$ 36,5 mil, com a possibilidade de dar parte do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) na entrada.

Residencial Bem Viver Uvaranas

Recentemente em 23 de julho, a PMPG anunciou, juntamente com a Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) e do Governo do Estado, o lançamento da primeira fase do ‘Residencial Bem Viver Uvaranas’, com 408 casas, em que serão investidos mais de R$ 60 milhões. Neste ano, a Pacaembu Construtora, por meio de contrapartida ocasionada por Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV) do empreendimento, construiu uma ponte entre os núcleos Dal Col e San Martin que teve um custo superior a R$ 1,2 milhão.

O Residencial Bem Viver Uvaranas terá casas não geminadas com 48,64m² de área construída, que ficam isoladas no lote, permitindo a sua expansão. O tamanho dos terrenos é de 160m². As casas têm sala integrada, dois quartos, cozinha e banheiro com azulejos nas áreas molhadas, lavanderia e piso cerâmico em todos os ambientes.

O empreendimento é voltado para famílias que não tem casa própria e por isso, há a possibilidade de conquistar um subsídio de até R$ 23.200, por meio do programa habitacional Casa Verde e Amarela, do Governo do Federal, para ser abatidos no valor do imóvel – mais informações sobre o residencial aqui.

PUBLICIDADE

Recomendados